Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Assim é que é!

por Nuno Castelo-Branco, em 21.01.10

 

Um monárquico feroz

 

O nosso correligionário Sá Pinto, resolveu as suas divergências com Liedson, desfechando-lhe uma bateria de murros. Não se percebe e nem interessa entender, a razão para tal trocas de mimos entre os futeboleiros. Bem vistas as coisas a ideia nem é má de todo, porque a Justiça pouparia muito tempo e dinheiro, se os dirigentes desportivos resolvessem dirimir as divergências, usando dos recursos disponíveis e mais imediatos. Podem até obviamente demitir-se.

 

Este ano promete. Para cúmulo da sorte dos assessorados comissionistas do Centenário da República, Portugal vai ao mundial e já estamos mesmo a ver que qualquer hipotética vitória a comemorar com as várias e orientalistas versões da bandeirola do costume, servirá perfeitamente para encarte nos telejornais das duas semanas anteriores ao 5 de Outubro. Um mar de gente, a Portuguesa a plenos pulmões, correrias avenidas acima e abaixo, bebedeiras descomunais, tudo servirá para o "fazer de conta" em que os técnicos de imagem se tornaram exímios. O décor perfeito para o pouco pão e muito circo habituais.

 

A ver vamos se o sofrível neo-estado de graça entre Belém e S. Bento, não acabe à maneira de Sá Pinto: ao murro. Isso é que seria interessante e sobretudo, desejável.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:39


2 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 21.01.2010 às 19:42

Ah ! Excelente ... "o sofrível neo-estado" ...

É claro que como sportinguista não fico agradado com certos exemplos.

JMBarbosa
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 23.01.2010 às 15:33

Bem...meu caro Nuno...tenho jeito para incêndios...mas alguns não sou eu que os faço...

Quanto ao caso que «seria desejável», pois...olhe estou à sua disposição...que prefere que eu leve? cacete, salto alto, ou luva na mão armadilhada?

Também posso levar bisnagas e lencinhos perfumados...

Mas digo-lhe já que o murro à Sá Pinto é o que melhor se adequa a certos trombis proliticos, publicos poiadores e apoiantes das suas doutrinas ressalvadas excepções..que ele os há que não têm cara para o estalo...por exemplo o Tio Cavaco, ou o clone de Sócrates - o da Playa de Madrid-, esses é mais a biqueirada...

Não assino quando não os do 31 da Cagada descobrem-me e morro de medo de alguns dos comentadores que por lá... qui se chient tout le temps.

Comentar post







Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Links

Em destaque

  •  
  • Estados protegidos

  •  
  • Estados amigos

  •  
  • Estados soberanos

  •  
  • Estados soberanos de outras línguas

  •  
  • Monarquia

  •  
  • Monarquia em outras línguas

  •  
  • Think tanks e organizações nacionais

  •  
  • Think tanks e organizações estrangeiros

  •  
  • Informação nacional

  •  
  • Informação internacional

  •  
  • Revistas