Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Notícias republicanas: o Supremo Tribunal Administrativo

por Nuno Castelo-Branco, em 28.01.10

 

31 de Janeiro de 1891-2010

 

Com que então, Dr. António Reis, a tal 2ª República que "nunca" existiu...? Ou serão apenas originalidades do Sem-tenário?

 

1ª O Supremo Tribunal Administrativo é uma loja maçónica criada, instalada, dirigida e presidida por maçons - como, aliás, o Supremo Tribunal de Justiça é uma loja maçónica, criada e instalada por maçons, em aplicação do disposto no Ritual do Grau 27, e sendo o seu primeiro presidente — B… — e seguintes igualmente maçons.
2ª E sabe-se como ensina o maçon C… — ex-Grão Mestre do Grande Oriente Lusitano, Soberano Grande Inspector Geral e presidente do Supremo Tribunal Maçónico — «onde está um Maçon está a Maçonaria» (António Arnaut, Introdução à Maçonaria, Coimbra Editora, p. 86).

 

 10ª Além disso, enquanto loja maçónica que é, o Supremo Tribunal Administrativo sempre tem procurado seguir o ensino do grande maçon António de Oliveira Salazar, a saber: «criminosos arvoraram-se em juízes e condenaram pessoas de bem» (Discursos, vol. V, p. 52); «o que muitas vezes resulta em Portugal do funcionamento das instituições legais — o castigo dos justos» (vol. II, p. 357); «se os tribunais não fazem boa averiguação dos factos e recta aplicação da lei, temos (…) “a mentira da justiça” (vol. 1, p. 28); «os povos, como os indivíduos precisam ser tratados com justiça» (111:108); e «a sociedade tem de inspirar-se nas suas decisões pelo princípio da justiça devida a cada um (vol. IV, p. 108).

 

Querem ler o documentozinho na íntegra? Ora venham  AQUI !

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:00


9 comentários

Imagem de perfil

De Manuel Pinto de Rezende a 28.01.2010 às 21:34

Que loucura é esta?
Imagem de perfil

De Nuno Castelo-Branco a 28.01.2010 às 21:39

Anda por aí um sururu. Soube da coisa através do Blasfémias e do Albergue Espanhol (bolas, não podiam ter escolhido suíço, alemão ou checo? Tinha mesmo de ser espanhol?!)
Imagem de perfil

De P.F. a 28.01.2010 às 22:31

Os "piratas informáticos" fazem bombos de festa dos sites dos órgãos públicos.
Sem imagem de perfil

De JP a 29.01.2010 às 10:11

Não vejo qual o espanto. O acórdão apenas transcreve as conclusões do recorrente, sejam elas quais forem. Não é nenhuma confissão, Nuno! :)

O engraçado é que o texto desapareceu do site da DGSI!
Imagem de perfil

De Nuno Castelo-Branco a 29.01.2010 às 13:06

Se não é verdade, desapareceu porquê?
Sem imagem de perfil

De Jornalista a 29.01.2010 às 14:12

Vejam o Correio da Manhã, 1.ª página e página 18, edição em papel. Podem ser a notícia também aqui
http://www.smmp.pt/?p=6884
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 29.01.2010 às 14:50

Profanos...tende cuidado...they are all over the place.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 29.01.2010 às 15:36

E aqui está o Zé do Povo a abanar a bandeira, tirando a boina de forma emocionada, abanando-a, sempre vermelhusco... acreditando na fraternidade, na solidariedade e ...esperaem lá que tenham que ir ver novamente o livro do Arquitecto.
Sem imagem de perfil

De Daniel Nunes Mateus a 30.01.2010 às 01:43

Deduzo que seja um documento fidedigno. Porque o seu conteúdo é gravissimo para transformar-se numa brincadeira de muito mau gosto. Tou em choque

Comentar post







Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Links

Estados protegidos

  •  
  • Estados amigos

  •  
  • Estados soberanos

  •  
  • Estados soberanos de outras línguas

  •  
  • Monarquia

  •  
  • Monarquia em outras línguas

  •  
  • Think tanks e organizações nacionais

  •  
  • Think tanks e organizações estrangeiros

  •  
  • Informação nacional

  •  
  • Informação internacional

  •  
  • Revistas