Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Cheira a fim de regima

por Nuno Castelo-Branco, em 13.03.10

 

 

Em Portugal, as mudanças são silenciosas, quase imperceptíveis. Mas acontecem.

 

Quem diria há uns poucos anos, ser normal a existência de um stand da alternativa ao regime republicano, num certame cuja denominação é muito a propósito, Futurália ?

 

Este fim de semana, na Fil. Visita da Família Real hoje, ao final da tarde.

 

Entretanto, o Congresso do PSD trás à tona as profundas clivagens na sociedade portuguesa e estas estão muito para além de lideranças partidárias: como muito bem afirmou Marques Mendes, já cheira a fim de regime. O republicano, dizemos nós.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:24


3 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 13.03.2010 às 20:21

O Nuno tem que me convencer a ser monárquica....

É que eu não sou republicana.... Cada vez abomino mais os buiças de Portugal...os que se sentam na AR...

Imagem de perfil

De Nuno Castelo-Branco a 13.03.2010 às 20:54

Pois é... se isto a consola, Portugal sempre foi uma república, desde 1143. Quanto aos Buíças que se sentam na AR, agora decidem-se por assassinar o país inteiro. Para terminarem o trabalhinho iniciado há mais de um século.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 14.03.2010 às 13:27



Os buiças d´agora só assassinam se deixarmos...
O que me preocupa é que os psiquiatras não os «drunfam» como deve ser...ou a terapia fez-lhes mal, pois...olhando para o Congresso dos laranjas, parece que os tipos estão com aspirações....anda por lá um que sempre que olho para ele lembra-me os «mangas d´alpaca» nas repartições à antiga... oculinhos, ar anafadinho, pescoço colado às costas de Flinstone Barney... só falta mesmo a manguinha preta....cara de mãos ao trabalho...sabe comportar-se nos velórios ... pousa para a fotografia ....um precoce...nasceu há dois anos, e já está cheio de ideias...um parlamenterda europeu...que pensa que Portugal se governa como um processo em tribunal...
O Rangel! Pois então...O mesmo que comparou a União europeia a uma multinacional e condenou o seu poder de facto....mas não se importou de se candidatar ao que condena...mais um esforço de pensamento e ainda encontro uma qualquer analogia entre ele e o Sócrates - o antigo -o que dizia que as mulheres são aberraçõe, seres imperfeitos - por isso capazes de gerar aberrações....

Quer ser primeiro ministro....comó Sócrates....o «primeiro porreiro, pá...vai uma corridinha...e se for no Central Park, ainda paramos para uma qualquer outra coisinha....»

Comentar post







Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Links

Estados protegidos

  •  
  • Estados amigos

  •  
  • Estados soberanos

  •  
  • Estados soberanos de outras línguas

  •  
  • Monarquia

  •  
  • Monarquia em outras línguas

  •  
  • Think tanks e organizações nacionais

  •  
  • Think tanks e organizações estrangeiros

  •  
  • Informação nacional

  •  
  • Informação internacional

  •  
  • Revistas