Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 


Entre intrigas e lutas pelo poder, uma parte substancial da esquerda portuguesa, tem desde sempre apresentado o modelo nórdico como um modelo. Habilmente, há quem pretenda escamotear o ordenamento constitucional daqueles países, onde a Coroa surge como um elemento essencial da separação de poderes, independência, unidade do Estado e economia de recursos. Neste ano do Centenário da República, torna-se importante esclarecer a nossa opinião pública, acerca da solidez da instituição monárquica nos socialmente mais desenvolvidos países europeus. Sem população iletrada, com as mais altas taxas de educação universitária, baixos níveis de corrupção, com uma Justiça independente e que funciona, eis a opinião de noruegueses, suecos e dinamarqueses quanto às suas monarquias:

 

67% dos noruegueses são favoráveis à monarquia, embora os remanescentes 33% não correspondam totalmente aos partidários de uma república.

 

77,8% dos dinamarqueses são favoráveis à monarquia, enquanto 15,3% apoiam a instauração de uma república.

 

63% dos suecos são favoráveis à monarquia, enquanto 17% prefeririam uma república.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:10


1 comentário

Sem imagem de perfil

De Gastao de Brito e Silva a 05.04.2010 às 16:46

Foi feita à alguns anos uma sondagem em território nacional sobre este mesmo tema....68% dos portugueses responderam que "não se importavam de voltar à monarquia"...saudosismo e bom senso, ou apenas fartos da república das bananas...

Comentar post







Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

Links

Estados protegidos

  •  
  • Estados amigos

  •  
  • Estados soberanos

  •  
  • Estados soberanos de outras línguas

  •  
  • Monarquia

  •  
  • Monarquia em outras línguas

  •  
  • Think tanks e organizações nacionais

  •  
  • Think tanks e organizações estrangeiros

  •  
  • Informação nacional

  •  
  • Informação internacional

  •  
  • Revistas