Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Paço dos Duques de Bragança, Guimarães.

por Cristina Ribeiro, em 10.08.10

 

 

 

Mandado construir em 1420 por D. Afonso, filho bastardo de D. João I, que, ao casar com D. Brites, filha de D. Nuno Álvares Pereira, herdeira de vários títulos de nobreza e de terras, inclusive Guimarães, se torna o tronco de uma poderosa família. O ducado deve o nome a outro dos seus territórios: Bragança.

À data desta construção, que por muito tempo foi o refúgio predilecto do Duque, já, porém, D. Brites tinha morrido.

 

Só com o segundo Duque, D. Fernando, segundo filho de D. Afonso, Vila Viçosa passou a ser a morada preferida.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:24


1 comentário

Sem imagem de perfil

De PauloQ a 12.08.2010 às 21:35

" por D. Afonso, filho bastardo de D. João I, que, ao casar com D. Brites, filha de D. Nuno Álvares Pereira, "

Sendo conhecedor da história de Portugal, embora longe dos conhecimentos de Nuno, e porventura outros(as), é revelador a grande quantidade de filhos e filhas "bastados" que os nossos reis tinham, e que atingiram posições de relevo. Até o trono, como a casa de Bragança.
Realço que ele próprio, D Nuno Alvares Pereira, era também filho bastardo.

Convém reparar, que no fundo, todos estas figuras históricas, em vez de se chamar filhos bastardos, podemos chamar de "filhos de pais separados".
Porque é disso que se trata.
Se são filhos bastardos, são filhos de pais separados.

Se fosse hoje, D Afonso, seria retirado ao Pai (d João 1) , a não ser que houvesse cedencia da parte da mãe, para um designado acordo.
Ou, que o peso de ser D João , fosse suficiente para tal. Conheci histórias de pessoas "influentes", que tal não foi suficiente.

Se fosse hoje, D Nuno Alvares Pereira, nem por sombras tinha sido TAMBÉM educado pelo pai, especialmente mais velhor (creio que com 8 anos . Agradecia correção, se for o caso).
Pois o pai de D Nuno Alvares Pereira, era monge. E teve mais 37 filhos.

Creio que o Nuno C B, entendeu onde quero chegar.
A politica pouco me move, porque só a questão de tirar filhos a pais , é suficiente para encher uma vida.
E tenho pouco dela à disposição, pois.

Mas gosto, sempre que possivél, de expandir o leque de apoio, de expandir no minimo este problema. Porque de certeza, acho, que o caro Nuno, não concordará com o que acontece hoje em dia.
Digo isto, com base apenas em dois exemplos históricos, de D Afonso, e de certeza, D Nuno A Pereira

Comentar post







Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Links

Estados protegidos

  •  
  • Estados amigos

  •  
  • Estados soberanos

  •  
  • Estados soberanos de outras línguas

  •  
  • Monarquia

  •  
  • Monarquia em outras línguas

  •  
  • Think tanks e organizações nacionais

  •  
  • Think tanks e organizações estrangeiros

  •  
  • Informação nacional

  •  
  • Informação internacional

  •  
  • Revistas