Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Política assim não é connosco

por Pedro Quartin Graça, em 05.03.11

O conluio entre o PSD e o PS na Assembleia Municipal de Lisboa, denunciado nas páginas do SOL por Pedro Santana Lopes, é uma evidência indesmentível. E o mais grave é que o mesmo se concretizou da parte do PSD na AML com o maior desrespeito para com os seus parceiros  - CDS, MPT e PPM - e o programa da coligação,  numa abominável lógica de Bloco Central "de interesses". Um momento particularmente significativo neste âmbito foi o facto dos Grupos Municipais do PS e do PSD terem deliberadamente inviabilizado toda e qualquer proposta alternativa de reforma administrativa que os demais deputados municipais pretenderam submeter revelando, ademais, uma estranha dificuldade em lidar com a pluralidade de opiniões. Uma coisa, altamente louvável, é procurar consensos e praticar uma oposição construtiva, apresentando sempre alternativas. Outra, bem diferente, é fazer política baseada em acordos de alcance desconhecido e com claro desfavor daqueles que confiaram o seu voto a uma coligação alargada candidata à principal autarquia do País.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:28


5 comentários

Sem imagem de perfil

De Francisco Castelo Branco a 05.03.2011 às 19:23

falta de solidariedade partidário é o facto de PSL se ter demarcado do acordo que o seu partido fez.

Este ainda se acha melhor que os outros

o melhor era fundar um partido com o seu próprio nome
Imagem de perfil

De Pedro Quartin Graça a 05.03.2011 às 19:33

Das solidariedades internas do PSD, ou falta delas, nada tenho a ver com elas. Da falta de solidariedade do PSD da AML para com os parceiros de coligação, isso já me diz respeito. Trata-se de um acordo lamentável e prejudicial aos alfacinhas.
Imagem de perfil

De Felipe de Araujo Ribeiro a 05.03.2011 às 20:08

Ainda bem que o denunciam, mesmo que pouco mais possam fazer. Pelo menos ficam uns eleitores a saber que nao foram traidos, e outros a saber com o que podem contar...
Imagem de perfil

De Nuno Castelo-Branco a 06.03.2011 às 09:14

Estamos a chegar à fase do total bloqueio do sistema. Sabemos ao que vai dar, é sempre assim.

Comentar post







Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Links

Estados protegidos

  •  
  • Estados amigos

  •  
  • Estados soberanos

  •  
  • Estados soberanos de outras línguas

  •  
  • Monarquia

  •  
  • Monarquia em outras línguas

  •  
  • Think tanks e organizações nacionais

  •  
  • Think tanks e organizações estrangeiros

  •  
  • Informação nacional

  •  
  • Informação internacional

  •  
  • Revistas