Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Para quem de direito

por João Gomes de Almeida, em 08.06.11

Na próxima terça-feira, faz 1 mês que foi eleita a nova direcção da Causa Real. Visitando o site da mesma, verificamos que a última iniciativa que foi realizada, foi exactamente a eleição da nova direcção da Causa Real. Felizmente, ainda há reais associações que vão fazendo alguma coisa, dada a passividade da Causa.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:23


10 comentários

Sem imagem de perfil

De Rui Monteiro a 08.06.2011 às 19:13

Tens razão, algumas fazem e outras viram as costas ao resto do país achando-se elas as embaixadoras da Monarquia em Portugal. Depois uns sub-produtos aparecem em canais de TV a enterrarem-se até às patilhas !
Sem imagem de perfil

De Artur de Oliveira a 08.06.2011 às 20:08

Já chega de fósseis... Nós os jovens é que temos que trabalhar para o futuro. Falo de jovens como nós e jovens mais maduros... Monarquia não sãofados, jantaradas, touradas e meninos queques. 
É para todos!
Sem imagem de perfil

De Daniel Nunes Mateus a 08.06.2011 às 22:06

É um exagero esse teu post. Sem que seja por respeito ao João Távora
Sem imagem de perfil

De Artur de Oliveira a 08.06.2011 às 22:36

Lá está, Daniel, mas o João Távora é um dos jovens maduros de que falava há pouco no meu comentário e que podem ajudar a dinamizar as coisas. E cabe aos jovens como nós criticar construtivamente, mas apontando o que está errado, e avançar para o futuro....
Sem imagem de perfil

De Filipe Manuel Dias Neto a 08.06.2011 às 22:54

Senhores... compreendo as palavras de todos. Eu também estou descontente com o imobilismo impávido de demasiadas Reais e com o silêncio ensurdecedor que se ouve das bandas da Causa Real. Acho que isso pouco adianta se queremos de facto que Portugal mude para melhor e se queremos, como portugueses e monárquicos, ser parte dessa mudança. Já antes tive oportunidade de manifestar a minha indignação para com isso. Tenho respeito pela actual e nova direcção. E reconheço valor a muito boa gente na Causa Real. Mas é necessário que esta nova direcção entenda que esperamos muito dela e que não deve deixar os créditos em mãos alheias. Há que começar a trabalhar já! E convém que haja diálogo entre as Reais, para coordenar e unir esforços nas actividades feitas, bem como se sente a falta de uma maior divulgação das coisas. Pouco me importa que a Causa Real faça muito se a própria Causa Real não der a saber aos que seguem a sua página web. O que acham, senhores?
Imagem de perfil

De Nuno Castelo-Branco a 09.06.2011 às 16:30

Apesar de tudo, no passdo domingo, a Causa teve um excelente resultado eleitoral... (teve, teve mesmo, pensem lá porquê?). 
Imagem de perfil

De Pedro Quartin Graça a 08.06.2011 às 23:45

Concordo em absoluto João!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 09.06.2011 às 19:17


João Távora? nah, não tem tempo, tem muita meia rota para coser.
Imagem de perfil

De João Távora a 17.06.2011 às 15:20


Os primeiro passos deste mandato estão a ser dados: visitámos e reunimos com a Real Medio Tejo, Real Santarém, e estivemos em Leiria. Dia 1 e 2 estaremos no Porto, Viana e Trás-os-Montes a reunir com as direcções.
Já tivemos duas reuniões com a Casa Real, de quem em muito dependemos para concertar estratégias. 

A Comissão executiva tem ambiciosos projectos a apresentar à Direcção Nacional, já devidamente estruturados no papel, (muitas horas de trabalho) exequíveis num ano, que é o tempo do nosso mandato. 
De resto, se o JGA pagasse as quotas e se dignasse a estar presente nas assembleias gerais, quem sabe com propostas e listas alternativas, fazia um grande serviço à Causa.
Falar é fácil, fazer é mais difícil, principalmente de forma gratuita.
Da minha parte nada me prende a nenhum dos cargos para os quais me pediram para assumir. 
Venha daí gente nova!


Abraço


PS. Enquanto a Causa Real não tiver um site condigno, para se manterem onformados visitem PF a página  http://www.facebook.com/CAUSAREAL
Sem imagem de perfil

De José Tomaz de Mello Breyner a 19.06.2011 às 13:34

João Gomes de Almeida, pode ainda não ser visível o trabalho da nova Direcção, mas que está a trabalhar e muito pode acreditar. E ainda por cima a expensas dos próprios Directores, o que é muito mais grave. Não quer dar um contribuição?

Comentar post







Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Links

Estados protegidos

  •  
  • Estados amigos

  •  
  • Estados soberanos

  •  
  • Estados soberanos de outras línguas

  •  
  • Monarquia

  •  
  • Monarquia em outras línguas

  •  
  • Think tanks e organizações nacionais

  •  
  • Think tanks e organizações estrangeiros

  •  
  • Informação nacional

  •  
  • Informação internacional

  •  
  • Revistas