Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Cavaco, o ilusionista-mor

por João Pinto Bastos, em 01.01.13

Cavaco sofre da síndrome "Jorge Jesus": fala mal, esquece-se do passado e omite responsabilidades. Passa pelos pingos da chuva e ousa dar lições de moralidade a antigos apaniguados. Uma espécie de Barrabás moderno, sem os crimes de sangue deste último. Um eterno medíocre alçado ao topo dos topos, com um "cursus honorum" digno de um servente do beija-mão a todos os poderes. Ouvi-lo? Não, não vale a pena, aliás, contrariando o dito pessoano, já nada vale a pena. O melhor mesmo é ficar sentado à espera que estas fantasmagorias caiam de podres.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:52


1 comentário

Sem imagem de perfil

De José Manuel Barbosa a 01.01.2013 às 22:40


Boa noite.

Pequeno grande post. Pela capacidade de síntese e imagens fortes que definem bem e retratam melhor, a ridícula e historicamente suja personagem do (P)residente em Belém. Reconheço no entanto ao emérito Professor Aníbal do Cavaco da Silva um dom especial : o de só me enjoar. Quem me faz vomitar mesmo, é a Maria do Cavaco da Silva. Uma espécie de Popota da diáspora, termo este que faz o encanto do estremoso maridito que o debita a torto a direito e em zig-zag. Um dia aprendeu "diáspora" nas palavras cruzadas da "Gazeta de Boliqueime" e agora tenho de o aturar.
O termo que faz o encanto dela é o Continente.
"Com a Popota no Continente, o Natal é diversão !!!".

Cumprimentos e já agora se mo permite, sem gozo, bom ano.

José Manuel Barbosa.

Comentar post







Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

Links

Estados protegidos

  •  
  • Estados amigos

  •  
  • Estados soberanos

  •  
  • Estados soberanos de outras línguas

  •  
  • Monarquia

  •  
  • Monarquia em outras línguas

  •  
  • Think tanks e organizações nacionais

  •  
  • Think tanks e organizações estrangeiros

  •  
  • Informação nacional

  •  
  • Informação internacional

  •  
  • Revistas