Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




The Fall of America, Inc.

por Samuel de Paiva Pires, em 10.10.08

 

 

Francis Fukuyama que há uns anos falava no Fim da História pela expansão da democracia liberal a todos os países, também tem algo a dizer sobre a forma como a política externa prosseguida por Bush, as actuais eleições norte-americanas e especialmente a crise financeira se reflectirão quanto ao posicionamento dos Estados Unidos no panorama internacional.

 

De destacar estes parágrafos:

 

"Globally the United States will not enjoy the hegemonic position it has occupied until now, something underscored by Russia's Aug. 7 invasion of Georgia. America's ability to shape the global economy through trade pacts and the IMF and World Bank will be diminished, as will our financial resources. And in many parts of the world, American ideas, advice and even aid will be less welcome than they are now." 

 

Óbvio, no sentido do que escrevi aqui.

 

"American influence can and will eventually be restored. Since the world as a whole is likely to suffer an economic downturn, it is not clear that the Chinese or Russian models will fare appreciably better than the American version. The United States has come back from serious setbacks during the 1930s and 1970s, due to the adaptability of our system and the resilience of our people."

 

Também concordo, mas vai um pouco contra o anterior parágrafo e parece-me um pouco mais motivado por uma espécie de idealismo em termos de agenda de política externa.

 

"And while fewer non-Americans are likely to listen to our advice, many would still benefit from emulating certain aspects of the Reagan model. Not, certainly, financial-market deregulation. But in continental Europe, workers are still treated to long vacations, short working weeks, job guarantees and a host of other benefits that weaken their productivity and will not be financially sustainable."

 

Mas esperem lá, afinal é o comummente designado modelo social europeu que está mal? E eu a julgar que era o neo-liberalismo plutocrático e egoísta...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:47


2 comentários

Imagem de perfil

De Nuno Castelo-Branco a 11.10.2008 às 00:40

Desculpa a grosseria, mas quanto a mim, fuck Fukuyama...
Imagem de perfil

De Samuel de Paiva Pires a 11.10.2008 às 01:15

LOL, de acordo, a quantidade de vezes que Fukuyama já se enganou e se tenta retratar é ingrata para o próprio.

Comentar post







Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Links

Estados protegidos

  •  
  • Estados amigos

  •  
  • Estados soberanos

  •  
  • Estados soberanos de outras línguas

  •  
  • Monarquia

  •  
  • Monarquia em outras línguas

  •  
  • Think tanks e organizações nacionais

  •  
  • Think tanks e organizações estrangeiros

  •  
  • Informação nacional

  •  
  • Informação internacional

  •  
  • Revistas