Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Era na Casa do Forno (1)

por Cristina Ribeiro, em 13.11.08

Que, ao Sábado de manhã, quando a disponibilidade era maior, a minha mãe cozia a broa.

O longo processo começava-o muito cedo: antes do mais, aquecer bem o forno, com a lenha já pronta de véspera; seguia-se o peneirar da farinha, normalmente de milho e centeio, para a masseira, a que juntava água quente e um poucochinho de sal. Depois, de mangas arregaçadas, punha toda a sua força no acto, cansativo, de amassar Juntava um pouco de fermento, um pedaço de massa da semana anterior, que entretanto azedara, e deixava esta mistura descansar umas horas, a fim de levedar.

Enquanto isso, o forno já quente precisava de ser " limpo": retirada das brasas maiores, para que não queimasse o pão, com a ajuda de um gancho encabado num pau comprido.

 

                           Embolava então uma porção de massa na emboladoira- uma gamela de madeira- , na qual fazia uma cruz, e metia-a no forno já rubro. Depois de, com a ajuda de uma comprida pá de madeira, meter todas as broas no forno, era altura de o fechar com os restos de massa. Horas depois estavam prontas para serem retiradas, com a mesma pá, sendo que essa fornada haveria de dar para a semana toda, depois de se distribuirem algumas broas pelos vizinhos e familiares.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:44


14 comentários

Sem imagem de perfil

De Lady-Bird a 13.11.2008 às 20:05

Adoro broas! especialmente a de milho!
já me abriu o apetite...=P
Beijinho
Imagem de perfil

De Cristina Ribeiro a 13.11.2008 às 20:11

Arranjam-se também umas azeitonas,curtidas cá em casa, Lady-Bird :)
Beijinho
Sem imagem de perfil

De Lady-Bird a 13.11.2008 às 20:30

beeemmm, a Cristina tem para aí uns acepipes, que não lhe digo nada... se fosse mais perto não me escapavam!
Na impossibilidade de poder degustar essas iguarias, faça bom proveito e já agora brinde à blogosfera por mim (também deve ter qualquer coisinha que se beba..lol...lol)

Beijinho
Imagem de perfil

De Paulo Cunha Porto a 13.11.2008 às 20:27

Forma Cristã de confecção, traçando o ASanto Sinal.
Forma Cristã de consumi-la, distribuindo pelos próximos.
E tamém sou fã do gosto, Querida Cristina.
Beijo
Imagem de perfil

De Cristina Ribeiro a 13.11.2008 às 22:16

E que boa que ela era, Paulo!
Beijo
Sem imagem de perfil

De mike a 13.11.2008 às 21:08

E se bem pergunto... com ensinamentos tão precisosos, a Cristina é menina para cozer uma broa assim tão deliciosa? Isso é que era! Arrisque a dizer-nos que sim e vai ter a casa cheia um destes sábados... (risos)
Imagem de perfil

De Cristina Ribeiro a 13.11.2008 às 22:21

Se quer que lhe diga, Mike, não confio mesmo nada nessa minha aptidão, mas, quiçá?
Também nunca tinha pensado que faria uns biscoitos de canela tão bons como os que faço, embora tenha de convir que não é necessária a mesma habilidade :)
Sem imagem de perfil

De mike a 13.11.2008 às 22:59

Isso é desconversar, Cristina. Com o devido respeito, vem-nos aliciar com biscoitos de canela depois de nos abrir o apetite com broa? (risos)
aaiiiii...
Imagem de perfil

De Cristina Ribeiro a 13.11.2008 às 23:23

Estou aqui a tentar lembrar-me onde é que aprendi a desconversar, Mike; será que pode dar-me uma ajudinha? :)
Sem imagem de perfil

De mike a 14.11.2008 às 00:43

:-))))
Sem imagem de perfil

De patti a 13.11.2008 às 23:09

Vou já de seguidinha, depois deste comment, descongelar duas belas fatias de broa de milho e besuntá-las com manteiga.
Ia lá agora eu para a cama , toda desconsolada!

As coisas que se perdem, Crisitina.
Imagem de perfil

De Cristina Ribeiro a 13.11.2008 às 23:33

Bom apetite, Patti. Faço muitas vezes o mesmo, mas prefiro aquecê-las, colocar um bocado de queijo e comer com o queijo derretido :)
Sem imagem de perfil

De carlosbarbosaoli a 14.11.2008 às 00:14

Ui que ler isto fez-me fome! E pensar numas tardes à lareira com broa devidos acompanhamentos, numa roda de amigos à conversa.
Sem imagem de perfil

De Once a 14.11.2008 às 09:09

Querida Amiga, sabendo assim de cor e salteado o segredo da confecção, não acredito que as não saiba fazer ! ;)
.. lá pelos meus lados o azeite era ingrediente constante, mas o prazer de as comer o mesmo, aposto!

* Gostei de Ler :) Beijinho e excelente fim-de-semana *

Comentar post







Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Links

Estados protegidos

  •  
  • Estados amigos

  •  
  • Estados soberanos

  •  
  • Estados soberanos de outras línguas

  •  
  • Monarquia

  •  
  • Monarquia em outras línguas

  •  
  • Think tanks e organizações nacionais

  •  
  • Think tanks e organizações estrangeiros

  •  
  • Informação nacional

  •  
  • Informação internacional

  •  
  • Revistas