Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Qual é o mal de se ser conservador?

por Samuel de Paiva Pires, em 10.12.08

De há uns tempos para cá, como se não chegassem os epítetos que muitos me têm atribuído, tenho vindo a ser apelidado de conservador por quem lhe tenta dar um sentido pejorativo. Eu que abertamente me declaro como tal, ainda não consegui perceber, mas ser conservador é uma coisa negativa? E eu não posso ser um liberal-conservador, como ainda há tempos me classificava neste post? E o que é afinal o conservadorismo? E o liberalismo?

 

Eu sei que sou politicamente esquizofrénico, e adoro confundir as pessoas afirmando defender ideias aparentemente opostas, assim colocadas através de dialécticas criadas de forma quase inconsciente, quando os conceitos se desprendem da teoria e ganham vida e aplicação na realidade e consequentemente corpo histórico. Mas eu detesto rótulos padronizados. Pior, em certa parte sou bastante adepto do relativismo e de colocar em causa todos os dogmas e conceitos. Muitas das conclusões a que chego não lhes atribuo qualquer conotação positiva ou negativa de acordo com qualquer ética ou moral como a maior parte dos indivíduos parece fazer, pelo menos os políticos e os aspirantes a tal. São conclusões, conceitos, posições teóricas ou ideológicas, e não têm necessariamente que ser politicamente correctas ou obedecer à norma. Tento, isso sim, alcançar uma neutralidade e sentido crítico, de análise e de abordagem, tanto quanto possível. E por isso às vezes sinto que tenho que explicar muita coisa que é para mim evidente e que frequentemente colide com o que é aceite pela norma. E isso agasta-me.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:54


6 comentários

Imagem de perfil

De Nuno Castelo-Branco a 10.12.2008 às 09:43

Muito simples: 50 anos de ditadura dos politicamente correctos ventos da história.
Sem imagem de perfil

De Once a 10.12.2008 às 11:16

"E por isso às vezes sinto que tenho que explicar muita coisa que é para mim evidente e que frequentemente colide com o que é aceite pela norma" .. entendo. Perfeitamente.

Sem imagem de perfil

De Margarida Pereira a 10.12.2008 às 11:43

Adorei o 'desabafo'!
Tanto, que..., bom, enfim, espero que não se amofine comigo... (ai!)
Sem imagem de perfil

De João Pedro a 10.12.2008 às 12:19

não é mal nenhum, é apenas uma posição política/estética e depensamento tão válida como qualquer outra. Mas por variadas razões, tem sido vilipendiada, pelo menos entre nós. Está-se sempre a ouvir que "fulano é ultra-conservador"; e nunca se ouve ninguém afirmar que é "ultra-progressista".
Imagem de perfil

De Nuno Castelo-Branco a 10.12.2008 às 13:39

Porque o tal dito progressismo, se confunde demasiadamente com o século XIX! Hilariante, no mínimo...
Imagem de perfil

De Paulo Soska Oliveira a 10.12.2008 às 21:06

Samuel, a vida tem destas coisas. A ignorancia humana nao tem limites...

Comentar post







Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Links

Estados protegidos

  •  
  • Estados amigos

  •  
  • Estados soberanos

  •  
  • Estados soberanos de outras línguas

  •  
  • Monarquia

  •  
  • Monarquia em outras línguas

  •  
  • Think tanks e organizações nacionais

  •  
  • Think tanks e organizações estrangeiros

  •  
  • Informação nacional

  •  
  • Informação internacional

  •  
  • Revistas