Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Com que expectativas

por Cristina Ribeiro, em 12.01.09

percorri há tempos este caminho " emparedado de verde", nas palavras da Patti.

Havia muito tempo já que me andava a prometer este passeio, este regresso.

Palmilhei-o, pelo menos duas vezes por dia, durante anos. Era o caminho até à Escola.

Mas como a avó morava paredes meias com aquela, era frequente pisá-lo várias vezes no mesmo dia.

 

                Por trás do muro está uma quinta. De uns senhores de Lisboa, agora quase abandonada, na altura era de uma exuberância frondosa, um atractivo tão grande, que nos levava a tentar trepar as velhas pedras, com ervas a sair das gretas, intento conseguido se acaso ia a passar um adulto, que nos pegava ao colo-  então, o felizardo que espreitara contava aos outros as maravilhas que vira: a casa com azulejos muito antigos, as pessoas- a grande parte das vezes, só o caseiro e família- , as muitas flores.

 

              Encontrei algumas diferenças, que o tempo não passa sem deixar marcas Antes do mais, a terra batida dera lugar a um chão coberto de paralelepípedos, pelo que já não se viam as covas, tão familiares, onde chapinhávamos sempre que chovia. Apesar de ser Primavera, no muro não se viam as flores roxas,e nas bermas não vi as leitugas que, regularmente, alguém cortava com a foicinha para saciar os coelhos.Apenas ervas daninhas, que cresciam desordenadas.

 

Mas nem a falta destes pequenos encantos  escamoteava.a beleza do " Caminho da Escola "

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:43


8 comentários

Sem imagem de perfil

De LUIS BARATA a 12.01.2009 às 19:52

E que belo "caminho da escola". Já tenho dado por mim a pensar sobre o que passaram gerações de crianças no interior do país que se viam forçadas a percorrer por vezes quilómetros até chegaram às escolas. E as estradas eram o que sabemos, e as temperaturas ainda menos amenas do que hoje. Já para não falar que ao contrário do que hoje se passa, a maioria das escolas não tinha aquecimento central.
Há dias, ouvi na TSF que numa escola do norte do país os alunos recusavam-se a ir às aulas porque o aquecimento estava avariado há alguns dias.Apesar de tudo, e apesar de alguns desvarios autárquicos, as coisas mudaram muito e para melhor nas últimas décadas.Desde logo, são raras as autarquias que não dispõem de transporte escolar. A qualidade do ensino é que já é outra conversa...
Imagem de perfil

De Cristina Ribeiro a 12.01.2009 às 22:03

Verdade, Luís. Umas coisas melhoraram, outras estão bem piores. Pena que a melhoria numas tenha de ser feita com o prejuízo doutras...
Sem imagem de perfil

De mike a 13.01.2009 às 00:00

Estes belos textos, como é este "Caminho da Escola" escamoteiam jovens travessuras secretas, é o que é, menina Cristina. ;-)
Imagem de perfil

De Cristina Ribeiro a 13.01.2009 às 00:07

" Travessuras bem comportadas "- acha que pode ser, Mike, ou é forçoso que haja contradição nos termos? :)
Sem imagem de perfil

De mike a 13.01.2009 às 01:19

Longe de mim pensar o contrário, Cristina. :-)
Imagem de perfil

De Cristina Ribeiro a 13.01.2009 às 02:00

Eu sei que o Mike sabe :)
Sem imagem de perfil

De patti a 13.01.2009 às 12:00

Todos temos 'um caminho para a escola'.
O meu tambem era maravilhoso; sempre a pé pela mão do meu pai, que mo preenchia de histórias fantásticas.
Imagem de perfil

De Cristina Ribeiro a 13.01.2009 às 12:55

Já sei donde vem essa propensão para as histórias fantásticas que encontro no blogue da Patti...

Comentar post







Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Links

Estados protegidos

  •  
  • Estados amigos

  •  
  • Estados soberanos

  •  
  • Estados soberanos de outras línguas

  •  
  • Monarquia

  •  
  • Monarquia em outras línguas

  •  
  • Think tanks e organizações nacionais

  •  
  • Think tanks e organizações estrangeiros

  •  
  • Informação nacional

  •  
  • Informação internacional

  •  
  • Revistas