Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Tribunal Europeu dos Direitos do Homem abortensis

por Nuno Castelo-Branco, em 03.02.09

 

 

O Tribunal Europeu dos Direitos do Homem, decidiu condenar Portugal por ter impedido a entrada do chamado "Barco do Aborto"* em porto nacional. Não deixa de ser uma novidade, esta invocação dos direitos humanos para esse tipo de actividades extra-curriculares de uma certa medicina. A ser assim, num futuro bem próximo, veremos o mesmo Tribunal criar um novo tipo de prémio destinado a recompensar a título póstumo, as experiências dos doutores Morell, Mengele e claro está, dos peritos soviéticos na ablação do córtex e do hipotálamo. A bem de um prometedor progresso da humanidade. O pior disto tudo é que fiquei muito ralado, porque ao ser condenada desta forma, a chamada república portuguesa acabou de subir um ponto na minha consideração. Será preocupante?

 

*Com a experiência que a História nos deu, a bandeira hasteada nesta traineira é um perfeito substituto da Jolly Rogers de outros tempos. Não está mal. É a tradição batava.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:46


9 comentários

Sem imagem de perfil

De Diogo a 03.02.2009 às 19:16

Eu digo: BARCO DO ABORTO AO FUNDO!
Sem imagem de perfil

De João Amorim a 03.02.2009 às 19:53

Barco do Aborto. Oh, Nuno, não acha que agora fazia jeito essa traineira cá voltar para fazer um aborto neste regime e nestes políticos prenhes de incapacidade?
Sem imagem de perfil

De Daniel Santos a 03.02.2009 às 20:05

O governo da altura PSD/CDS esteve muito bem.

Imagem de perfil

De Silvia Vermelho a 03.02.2009 às 20:38

Aqui uma igualmente pertinente referência à notícia:

http://oinsurgente.org/2009/02/03/judges-on-waves/
Sem imagem de perfil

De Lady-Bird a 03.02.2009 às 21:40

Nuno, cá está um, que se naufragasse não fazia cá falta nenhuma...teria porém, feito falta, exactamente no dia em que Sócrates nasceu... era menos um "aborto falhado" a aborrecer...

beijinho
Imagem de perfil

De Nuno Castelo-Branco a 03.02.2009 às 22:16

Até será boa ideia esse monte de merda flutuante voltar às nossas águas. Depois de cá chegarem os novos submarinos, claro. Bem vão precisar de treinar a táctica do torpedeamento. Afinal, pode vir a ser a sua primeira missão operacional. Não acham uma boa ideia?
Sem imagem de perfil

De António Bastos a 04.02.2009 às 00:03

Subscrevo a proposta do Nuno e o post. Quanto à preocupação manifestada, não creio que justifique retirar o sono, na medida em que foi por uma boa causa, no entanto convem não abusar. A propósito de Dr. Mengele, porque não propor que o barco fosse rebaptizado com o nome de tão ilustre "mártir da ciência"?
Imagem de perfil

De Nuno Castelo-Branco a 04.02.2009 às 00:44

Então teríamos de "holandizar" o nome para Dr. Van Mengele, ehehehehehe.Melhor, pedimos ao Eugene Terreblanche para escolher um novo nome...
Imagem de perfil

De » a 09.02.2009 às 20:36

Olá!

Concordo consigo nesta questão. Aborto é crime e é criminoso quem leva a abortar (parceiro, família...), quem decide abortar e
quem executa o aborto.

Com a qualidade efectiva do seu blogue, pode aumentar a renda de publicidade:

Se estiver interessado(a) em GANHAR DINHEIRO, colocando as publicidades mais rentáveis do mercado de redes de publicidade compatíveis com público-alvo português, no seu blogue, visite http://custozero.blogs.sapo.pt/37170.html


Eu disse Não à Crise. E você?!

Comentar post







Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Links

Em destaque

  •  
  • Estados protegidos

  •  
  • Estados amigos

  •  
  • Estados soberanos

  •  
  • Estados soberanos de outras línguas

  •  
  • Monarquia

  •  
  • Monarquia em outras línguas

  •  
  • Think tanks e organizações nacionais

  •  
  • Think tanks e organizações estrangeiros

  •  
  • Informação nacional

  •  
  • Informação internacional

  •  
  • Revistas