Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Não vi, nem tenciono ver,

por Cristina Ribeiro, em 13.02.09

a tão anunciada série televisiva sobre a vida privada de Salazar, que, além do mais, pelo que imagino, não passará de um reles exercício de voyerismo com que se põe mais uma pedra no " alheamento " do que realmente importa: foi neste registo que, aliás, se especializou a televisão portuguesa, com óptimos resultados, honra lhe seja feita!

 

                       Como não subscrever, então, as lúcidas palavras d'O Jansenista? « Por mim, continuarei a admirá-lo e a criticá-lo em partes iguais, na grandeza de alguns princípios a que se manteve fiel, e na pequenez  com que traiu outros ».

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:46


5 comentários

Sem imagem de perfil

De Luísa a 14.02.2009 às 03:23

Cristina, faço minhas as suas palavras e, já agora, as do Jansenista também. Ainda revelamos muitos complexos e muita imaturidade na forma como abordamos o nosso passado histórico, sobretudo o recente.
Imagem de perfil

De António de Almeida a 14.02.2009 às 13:51

Vi a espaços, mais em jeito de brincadeira do que qualquer outra coisa, enquanto ia mandando umas larachas no twitter juntamente com várias pessoas que assistiam, todos a concorrerem à procura da melhor graçola. É que a série não dava francamente para mais, em termos de rigor histórico começa logo por dizer que Salazar caíu na banheira, depois apresentou uma versão playboy em que as conquistas se sucediam a um ritmo alucinante. Para cúmulo a forma de falar das mulheres parecia demasiado à vontade para a época, eu diria demasiado actual. A caracterização deixou muito a desejar, ver Diogo Morgado passar dos 40 aos 80 anos foi demasiado forçado. Fraquinho...
Imagem de perfil

De Samuel de Paiva Pires a 14.02.2009 às 15:36

De acordo tanto com a Cristina como com o António. Vi os dois episódios e, sinceramente, dava mais vontade de rir por ser tão descabido, sem contar com determinadas imprecisões (p. ex., apresentaram Salazar como um poeta, ele que só escreveu um poema na juventude, e de quem Franco Nogueira diria que ainda bem que se deixou disso...), e, sem dúvida, a forma de falar das senhoras sempre envoltas num ambiente quase pornográfico, por amor de Deus...
Sem imagem de perfil

De Lady-Bird a 14.02.2009 às 18:19

Cristina, na Tv quando começou a dar, mudei o canal...

nem sei se continua, se foram só dois dias, não vi nem quero ver.

beijinho
Sem imagem de perfil

De Carlos Sanchez a 15.02.2009 às 18:12

Eu vi a serie. Não gostei da caracterização em algumas partes, principalmente com o Salazar mais velho. Mas a prestação do Diogo morgado está muito boa. E porque não falar também na excelnete qualidade da Direcção de Fotografia de Orlando Alegria e da banda sonora de Bruno Bizarro.

Comentar post







Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Links

Em destaque

  •  
  • Estados protegidos

  •  
  • Estados amigos

  •  
  • Estados soberanos

  •  
  • Estados soberanos de outras línguas

  •  
  • Monarquia

  •  
  • Monarquia em outras línguas

  •  
  • Think tanks e organizações nacionais

  •  
  • Think tanks e organizações estrangeiros

  •  
  • Informação nacional

  •  
  • Informação internacional

  •  
  • Revistas