Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Então mas Obama não era o Super-Homem?

por Samuel de Paiva Pires, em 08.03.09

 

(imagem picada daqui)

 

Agradecendo ao André Azevedo Alves pela referência, e ao Luís Cardoso pela indicação do link desta notícia, aqui ficam as alegadas razões da falta de cordialidade de Obama para com Gordon Brown:

 

Sources close to the White House say Mr Obama and his staff have been "overwhelmed" by the economic meltdown and have voiced concerns that the new president is not getting enough rest.

 

(...)

 

A well-connected Washington figure, who is close to members of Mr Obama's inner circle, expressed concern that Mr Obama had failed so far to "even fake an interest in foreign policy".

 

(...)

 

British diplomats insist the visit was a success, with officials getting the chance to develop closer links with Mr Obama's aides. They point out that the president has agreed to meet the prime minister for further one-to-one talks in London later this month, ahead of the G20 summit on April 2.


But they concede that the mood music of the event was at times strained. Mr Brown handed over carefully selected gifts, including a pen holder made from the wood of a warship that helped stamp out the slave trade - a sister ship of the vessel from which timbers were taken to build Mr Obama's Oval Office desk. Mr Obama's gift in return, a collection of Hollywood film DVDs that could have been bought from any high street store, looked like the kind of thing the White House might hand out to the visiting head of a minor African state.

Mr Obama rang Mr Brown as he flew home, in what many suspected was an attempt to make amends.

 

Mas a melhor pérola vem mesmo de um dos oficiais do State Department:

 

The real views of many in Obama administration were laid bare by a State Department official involved in planning the Brown visit, who reacted with fury when questioned by The Sunday Telegraph about why the event was so low-key.


The official dismissed any notion of the special relationship, saying: "
There's nothing special about Britain. You're just the same as the other 190 countries in the world. You shouldn't expect special treatment."

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:00


7 comentários

Sem imagem de perfil

De André Ferreira a 08.03.2009 às 18:38

Vaya, vaya! Me troncho! Dá vontade de rir, sem dúvida. Só faltava mesmo esta depois da carta formato standard que enviou a torto e direito por todo esse mundo fora. Deve haver muita gente no UK a pedir que Bush volte, porque esse pelo menos tinha um mínimo de consideração.
Imagem de perfil

De Samuel de Paiva Pires a 08.03.2009 às 18:58

Não é por acaso que muito se fala da famosa "diplomacia do croquete", mas essa é muitas das vezes necessária para evitar confusões e mal-entendidos deste género!
Imagem de perfil

De Nuno Castelo-Branco a 08.03.2009 às 18:55

Agora percebem o que em antigos posts dizia quanto ao facto de os americanos serem aliados necessários, mas péssimos. jamais esquecerei o que nos fizeram com a Índia, África e Indonésia. São simplesmente, a piece of s...!
Imagem de perfil

De Samuel de Paiva Pires a 08.03.2009 às 19:00

Talvez porque se possam dar ao luxo de agir assim, fazem-no, mas com tantos recursos também se podiam dar ao luxo de forma mais amigável, e só teriam a ganhar com isso em relação aos seus aliados tradicionais!
Sem imagem de perfil

De André Ferreira a 08.03.2009 às 19:07

Já se verá no dia que chegar a ser necessária a ajuda da Grã-Bretanha para o trabalho sujo de uma qualquer guerra injusta quem os vai ajudar e aí peçam ajuda à China com o colaboradora que ela é!...

Pedirão ajuda na resolução de inúmeros conflitos à França e Alemanha que, fazendo muito bem, vão mandá-los ir ao figo. O resultado de anos sem política externa por parte da Europa como bloco de Valores, que nem sequer foi capaz de falar a uma só voz quanto à guerra do Iraque ou do conflito Israelo-palestiniano.
Imagem de perfil

De manuel gouveia a 08.03.2009 às 22:30

Percebo a cautela de Obama, ainda vamos descobrir que foram os Ingleses que levaram Bush a invadir o Iraque...
Sem imagem de perfil

De LUIS BARATA a 09.03.2009 às 11:31

Realmente, é quase indecoroso o comportamento de Obama face a Gordon Brown. Então o aliado de recentes "façanhas" militares é igual a qualquer outra nação do globo?
Ou será porque Brown está de saída?

Comentar post







Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Links

Estados protegidos

  •  
  • Estados amigos

  •  
  • Estados soberanos

  •  
  • Estados soberanos de outras línguas

  •  
  • Monarquia

  •  
  • Monarquia em outras línguas

  •  
  • Think tanks e organizações nacionais

  •  
  • Think tanks e organizações estrangeiros

  •  
  • Informação nacional

  •  
  • Informação internacional

  •  
  • Revistas