Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Quando se sentia assim, com mal d'alma,

por Cristina Ribeiro, em 28.03.09

 

era para lá que fugia, numa tentativa de se desprender dos ruídos que sempre a ensurdeciam.

Um pequeno ribeiro atravessava os campos, e era junto dele, onde a água corria dolente mas devagar, que procurava a paz perdida. E o pequeno rafeiro, que encontrara havia algum tempo naquele mesmo local, coberto de chagas, e  parecia entender que agora era a vez de lhe lamber as feridas,seguia-a, pronto a dar-lhe o " amor desinteressado " de que falam os poetas.

As andorinhas, que entretanto se lhes tinham juntado, como que traziam histórias para a distrair, e o certo é que acabavam todos quase em doce cavaqueira.

       Escurecia já quando se dispôs a voltar, e se  era verdade que o coração lhe doía ainda, também era certo que reencontrara alguma daquela p'az.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 16:28


5 comentários

Sem imagem de perfil

De Helena Branco a 28.03.2009 às 19:54

Querida Cristina, as suas deliciosas palavras são como brisa, um doce entardecer...apraz-me dedicar-lhe um poema que escrevi para uma antologia que diz:

Há momentos felizes/ idílicos instantes.../ como sol / em borboleta de Verão/ Livres luminosos/como olhar / um carreiro de formigas/ Há o brilho de estrelas/ que apetece ir buscar/ e o som do regato/ entre ervas a correr/ sendas antigas.../A melodia estribilhosa dos montes, ah! esse soar das fontes/ antes do Sol morrer...

Por tudo o que diz e eu acrescento a alma dói mais devagar... ABRAÇO maior
Imagem de perfil

De Daniel João Santos a 28.03.2009 às 21:57

Lugares que são o nosso reino.
Imagem de perfil

De Cristina Ribeiro a 29.03.2009 às 02:06

Lugares mágicos, Daniel.
Sem imagem de perfil

De Luísa a 29.03.2009 às 02:32

Imagino bem a paz que se encontra nesse contacto com a natureza, Cristina, e com aquele silêncio muito próprio dela. Não é felicidade, mas pode ser quase… :-)
Imagem de perfil

De Cristina Ribeiro a 29.03.2009 às 02:54

Um cenário idílico ajuda, Luísa :)

Comentar post







Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Links

Estados protegidos

  •  
  • Estados amigos

  •  
  • Estados soberanos

  •  
  • Estados soberanos de outras línguas

  •  
  • Monarquia

  •  
  • Monarquia em outras línguas

  •  
  • Think tanks e organizações nacionais

  •  
  • Think tanks e organizações estrangeiros

  •  
  • Informação nacional

  •  
  • Informação internacional

  •  
  • Revistas