Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A toponímia da república: a Avenida Rainha D. Amélia

por Nuno Castelo-Branco, em 07.04.09

 

 Na imagem, a moderníssima avenida Rainha D. Amélia tal como surgia em 1908. Após a golpada terrorista do 5 de Outubro, rebaptizaram-na com o glorioso nome de um pateta, cujo único feito digno de nota consistiu em introduzir um pedaço de chumbo no encéfalo. No entanto, há males que valem por bem, pois dada a fauna - vendedores de drogas e de zonas médias - e o tipo de comércio que nesta avenida Almirante Reis se faz,  merece bem o nome do "herói" da república. Para não falarmos da constante depredação dos belos edifícios que por lá existiam e que vão sendo substituído por mamarrachos, decerto também muito republicanos.

 

Fica para a pequena história o episódio ocorrido durante a visita de D. Amélia a Portugal (1945). Um dos antigos motoristas da casa real, conduziu-a numa visita à Lisboa que a soberana tão bem conhecera, mas que entretanto tinha crescido em direcção ao norte, "marreca", segundo a feliz expressão de Ribeiro Telles.

 

Em dado momento e percebendo muito bem em que ponto da cidade se encontravam, a rainha ardilosamente perguntou:

 

"- Diz-me lá uma coisa... Como é que se chama esta avenida?"

 

-" Saiba Vossa Majestade que esta avenida se chama... rainha D. Amélia!"

 

Os monárquicos são na verdade, o mais antigo, teimoso e permanente movimento de resistência da nossa história. 

 

 

 

*Post dedicado ao blog Família real Portuguesa

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:33


4 comentários

Sem imagem de perfil

De Ricardo Silva a 07.04.2009 às 23:20

...Os monarquicos portugueses! , caro Nuno

bem haja
Sem imagem de perfil

De Maria a 07.04.2009 às 23:34

Nuno, obrigada pelo lindo post que dedicou ao blog da Família Real Portuguesa. Vou considerá-lo como um grande presente que recebi pelo meu 1º aniversário na blogoesfera.

Um abraço agradecido!

Maria
Sem imagem de perfil

De António Bastos a 08.04.2009 às 01:10

Adorei a frase "o único feito digno de nota....no encéfalo". Provocou-me uma enorme gargalhada. Esse feito "digno de nota" foi um gesto do mais puro altruismo Ele teve a noção exacta do quão deletéria a sua existência era para a Nação, decidindo assim por-lhe termo (à primeira entenda-se). Bem-haja, pois por tal gesto!
Sem imagem de perfil

De LUIS BARATA a 08.04.2009 às 17:29

Sou visceralmente contra estes "rebaptizados" da toponímia e no caso vertente ainda mais- trocar o nome da Rainha D.Amélia pelo do Almirante Reis- que fez este realmente pela pátria?
Enfim, mais tarde foi feita justiça a D.Amélia, embora noutra zona da cidade.

Comentar post







Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Links

Em destaque

  •  
  • Estados protegidos

  •  
  • Estados amigos

  •  
  • Estados soberanos

  •  
  • Estados soberanos de outras línguas

  •  
  • Monarquia

  •  
  • Monarquia em outras línguas

  •  
  • Think tanks e organizações nacionais

  •  
  • Think tanks e organizações estrangeiros

  •  
  • Informação nacional

  •  
  • Informação internacional

  •  
  • Revistas