Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Parece-me que já sei em quem vou votar nas europeias

por Samuel de Paiva Pires, em 08.04.09

 

(imagem picada daqui)

 

A não ser que o PSD tenha um candidato "bombástico", parece-me que o meu voto vai direitinho para Nuno Melo, embora lamente a sua saída do parlamento nacional, acompanhado por Diogo Feio e Teresa Caeiro. A respeito de tal, aqui fica na íntegra este post do Joshua:

 

Trabalhador e rigoroso, correcto e capaz de diálogo, rosto equilibrado, moderno e aberto, Nuno Melo é a rara figura de um parlamentar bastante consensual quanto aos méritos que lhe atribuem também como estudioso e conhecedor dos dossiês. Acho mau e até incompreensível que, a transitar em decidida a sua escolha como candidato por Paulo Portas, quase de certeza o Parlamento nacional perca Nuno Melo para o Parlamento Europeu. Cheira isto a um deslocamento estratégico daquele que mais se destaca na Comissão Parlamentar de Inquérito ao BPN, daquele que, pelo seu desempenho, mais reabilita a face do Parlamento Nacional, e até que mais cresce em brilho relativamente a Paulo Portas. Será este mais um exílio na mesma lógica do de Cravinho para um Banco Europeu? Exílio por saber de mais, propor de mais e descobrir de mais? Exílio por lhe tremer a voz com o que vai apurando de tenebroso no lago criminal negro BPN? Exílio para que não vá mais longe e aprofunde o que não convém aos vulpinos vultos ocultos por trás das traficâncias-BPN subjacentes e falhas obesas BdP? Cheira a esturro. Também não sei se não há aqui ciúme em Paulo Portas pelo agigantamento humilde e natural do jovem deputado. Se vai propor Nuno Melo e também Diogo Feio (figuras com as quais se simpatiza porque não configuram aquela imagem de devoristas ávidos e cínicos que encontramos no PS de Candal e Vitalino e no PSD de António Preto, capazes de tudo por um lugar mais além e mais à frente), faz mal. Como cidadão apartidário e independente, não concordo e suspeito das verdadeiras motivações. Um Parlamento Nacional em péssima companhia, com este PS ablacionado na sensibilidade e aclamativo, com todos os sinais da pior degenerescência ética e os piores sinais de falta de independência e de afirmação, Diogo Feio e Nuno Melo têm sido pedradas no charco. Que seria do Palácio de São Bento sem eles?!:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:34


4 comentários

Imagem de perfil

De Cristina Ribeiro a 08.04.2009 às 22:03

Por cá- ele é desta região- já ninguém lhe tira a fama de trabalhador...
Imagem de perfil

De Daniel João Santos a 08.04.2009 às 22:05

Não tenho nada decidido, tudo continua nublado.
Sem imagem de perfil

De João Pedro Mata a 09.04.2009 às 14:52

É sem dúvida muito trabalhador. É sem dúvida um grande valor que temos na assembleia da republica seja qual fôr o nosso partido, temos que reconhecer o seu valor.

E é por isso que concordo com todos (e tantos são) que dizem que é um erro mandar este senhor para a Europa. O CDS deveria prestar atenção aos comentários dos cidadãos que mostram o seu desagrado em perder este deputado para Bruxelas. É que pode custar muito alto nas eleições e deixar o CDS mais fraco. Tenho pena!

O Portas esfrega as mãos convencido que se livrou do Melo. Talvez porque não está a prestar atenção ao que os eleitores estão a dizer.
Sem imagem de perfil

De JMB a 09.04.2009 às 19:28

De acordo.

Comentar post







Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Links

Estados protegidos

  •  
  • Estados amigos

  •  
  • Estados soberanos

  •  
  • Estados soberanos de outras línguas

  •  
  • Monarquia

  •  
  • Monarquia em outras línguas

  •  
  • Think tanks e organizações nacionais

  •  
  • Think tanks e organizações estrangeiros

  •  
  • Informação nacional

  •  
  • Informação internacional

  •  
  • Revistas