Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Pouco mais do que zero à esqquerda,

por Cristina Ribeiro, em 15.04.09

 

se tanto, é o que somos na Europa. Por isso este nervoso miudinho, ao ver enviar lá para Bruxelas e Estrasburgo os melhores homens que andam naquele edifício para as bandas de S. Bento. É que me parece um desperdício, tão pouca gente com  valor que temos.

Pelo menos esclareçam-nos qual a estratégia, para ficarmos mais sossegados, ou será que estamos perante aquilo de " o segredo é a alma do negócio ": até onde chegou o trato político, já não digo nada...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:31


7 comentários

Sem imagem de perfil

De Rui Costa a 15.04.2009 às 15:01

De facto, é assustador ver o dispersar ao desbarato dos melhores deputados portugueses. Não será a nossa pequenês a vir ao de cima?
Imagem de perfil

De Cristina Ribeiro a 15.04.2009 às 16:26

A única forma de se livrarem das críticas, Rui, será o terem trunfos na manga; mas tão bem guardados que ninguém os vislumbra.
Sem imagem de perfil

De Rui Costa a 15.04.2009 às 16:49

De acordo, Cristina. Mas infelizmente não acredito que a nossa classe politica seja tão capaz nesse tipo de poker.

Penso que isto se trata sobretudo de uma estratégia de marcação de posição para as eleições seguintes. O partido que vencer estas eleições certamente usará isso como arma de arremesso, além de que isso influenciará votos de indecisos, o que influenciará as sondagens, o que influenciará ainda mais indecisos.
Imagem de perfil

De Cristina Ribeiro a 15.04.2009 às 17:55

Tudo isso é crível sim, Rui: propósitos eleitoralistas, dar aos candidatos um palco privilegiado para mostrarem o que valem...; mas que, depois, ficassem por cá, onde fazem mais falta...
Sem imagem de perfil

De Rui Costa a 16.04.2009 às 10:33

Lá isso é verdade, Cristina, perder assim deputados de qualidade é... estranho. Mas além disso, mesmo que não decidam ir para o Parlamento Europeu, corremos o risco de perder deputados de qualidade (ou a qualidade dos deputados), devido a uma campanha feia. Veja aqui: http://costarochosa.blogspot.com/2009/04/agora-sim-temos-campanha.html
Imagem de perfil

De Cristina Ribeiro a 16.04.2009 às 14:35

Já lá fui ver, Rui; palavras para quê? são artistas portugueses...
Sem imagem de perfil

De Rui Costa a 16.04.2009 às 15:02

:-) Mas revolta-me que assim seja! Como é que um tipo com o comportamento de Paulo Rangel enquanto deputado desce subitamente a este nível?

Repara: a saga contínua: http://costarochosa.blogspot.com/2009/04/e-campanha-continua.html

Comentar post







Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Links

Em destaque

  •  
  • Estados protegidos

  •  
  • Estados amigos

  •  
  • Estados soberanos

  •  
  • Estados soberanos de outras línguas

  •  
  • Monarquia

  •  
  • Monarquia em outras línguas

  •  
  • Think tanks e organizações nacionais

  •  
  • Think tanks e organizações estrangeiros

  •  
  • Informação nacional

  •  
  • Informação internacional

  •  
  • Revistas