Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ouvido hoje na Feira do Livro

por Samuel de Paiva Pires, em 01.05.09

Um dos alfarrabistas queixava-se por o espaço ocupado pela Leya descaracterizar a Feira do Livro que dizia conhecer desde criança, já que o seu pai também era alfarrabista com presença marcada nessa. Queixava-se ainda que os alfarrabistas, em tempos idos, compunham a maioria das bancas e que hoje em dia eram quase desprezados. Sinais dos tempos, talvez. Ainda assim, muitos dos melhores livros e negócios ainda se fazem precisamente nas bancas dos alfarrabistas, onde se podem encontrar edições dos grandes clássicos a preços bem mais acessíveis que nas restantes.

 

Não foi, no entanto, o meu caso hoje. Aconselho quem puder a adquirir O Poder das Ideias de Isaiah Berlin, na Relógio D'Água, por apenas € 7,5, ao invés dos € 18 que normalmente custaria em qualquer livraria. E já agora, A Al Qaeda e o Significado de Ser Moderno de John Gray, na mesma editora, por apenas € 2,5, sem contar com o Sobre a Revolução de Hannah Arendt também por € 7,5, que já na edição passada tinha adquirido. Tenho, porém, pena, muita pena, que a Coimbra Editora tenha decidido não colocar este ano na sua banca a edição de 1982 de O Ópio dos Intelectuais de Raymond Aron, cujos exemplares foram vendidos a apenas € 2 no ano passado. Era a par com o livro de Berlin um dos poucos livros que fazia mesmo questão de comprar nesta edição da Feira. Muita pena, mesmo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:31


2 comentários

Sem imagem de perfil

De Lady-Bird a 01.05.2009 às 17:12

Já foste à Feira? quem me dera... só para a semana!...
beijinho
Sem imagem de perfil

De Joel Galvão a 02.05.2009 às 13:48

Caso queiras, posso emprestar.

Comentar post







Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Links

Em destaque

  •  
  • Estados protegidos

  •  
  • Estados amigos

  •  
  • Estados soberanos

  •  
  • Estados soberanos de outras línguas

  •  
  • Monarquia

  •  
  • Monarquia em outras línguas

  •  
  • Think tanks e organizações nacionais

  •  
  • Think tanks e organizações estrangeiros

  •  
  • Informação nacional

  •  
  • Informação internacional

  •  
  • Revistas