Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




( Páris e Helena )

 

terá muitas vezes manifestado simpatia pelos Gregos " , leio no « Dicionário de Mitologia Grega e Romana », eu que sempre gostei de saber das lendas mitológicas, das zangas e reconciliações dos deuses, lá no Olimpo...

E os muitos aedos, que foram surgindo na Grécia Antiga, deixaram-nos delas relatos muito vividos, numa riqueza de transmissão oral que os que vieram depois, como Homero, inscreveram para sempre na cultura ocidental..

 

"Ela " era Helena, então considerada a mulher mais bonita do mundo, e por isso muito pretendida, não obstante ser casada já com o rei de Esparta, Menelau.

Mas, mais uma vez, as rivalidades dos deuses interferiam na pacífica vida terrena, e quando Éris, zangada, lançou o pomo da discórdia, sob a forma da maçã de ouro destinada à mais bela das deusas, e Páris, o príncipe troiano, foi escolhido por Zeus para arbitrar o conflito assim gerado entre várias deusas, todas elas aspirantes a tão grande título, acabou por ceder às promessa de Afrodite, de que lhe poria nos braços aquela beldade, o que culminaria no rapto de Helena, estavam criadas as condições para aquela que viria a ser uma guerra interminável entre gregos e troianos, uma vez que ninguém esperava a passividade de Menelau...

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:14


6 comentários

Imagem de perfil

De Daniel João Santos a 04.06.2009 às 21:43

Adoro a mitologia... e tudo quanto é história...
Imagem de perfil

De Cristina Ribeiro a 04.06.2009 às 21:54

Uma paixão, Daniel.
Sem imagem de perfil

De mike a 04.06.2009 às 22:59

Casada e muito pretendida? Esses deuses deviam ser loucos. ;)
Imagem de perfil

De Cristina Ribeiro a 04.06.2009 às 23:26

Brincalhões, rezingões e loucos; mas boa companhia :)
Imagem de perfil

De António de Almeida a 05.06.2009 às 13:51

Terá existido? Terá motivado uma guerra? Troia parece que sim, que existiu, uma guerra também, mas não com as proporções descritas por Homero, 5 séculos após a mesma ter ocorrido. Aquiles e Heitor interessam-me, sinto um certo fascínio pela mitologia grega, também pelo antigo Egipto, e claro, Roma...
Imagem de perfil

De João Pedro a 05.06.2009 às 16:57

Bem parvo, Páris, tinha escolhido Atena como a mais bela e jamais a guerra se teria produzido. até porque sendo considerado "o ser masculino mais belo do mundo", não lhe teriam faltado beldades. Mas tambérm é verdade que se Helena fosse como a alemã Diane Krueger, que a interpretou no filme "Tróia" (uma fraca adaptação, aliás), até se podia perceber a escolha.

Comentar post







Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Links

Em destaque

  •  
  • Estados protegidos

  •  
  • Estados amigos

  •  
  • Estados soberanos

  •  
  • Estados soberanos de outras línguas

  •  
  • Monarquia

  •  
  • Monarquia em outras línguas

  •  
  • Think tanks e organizações nacionais

  •  
  • Think tanks e organizações estrangeiros

  •  
  • Informação nacional

  •  
  • Informação internacional

  •  
  • Revistas