Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Olha a Somália que também é culpa do neo-liberalismo

por Samuel de Paiva Pires, em 16.06.09

Agora até já os Estados falhados são culpa da falta de regulação e do liberalismo, mesmo que todos concordem que ao Estado cabe providenciar a segurança e manter a ordem. Anarquismo e libertarianismo não são bem a mesma coisa que liberalismo. Seja como for, não deixa de ter piada este vídeo, mesmo com muita demagogia para efeitos propagandísticos à mistura.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:50


3 comentários

Imagem de perfil

De João Pedro a 18.06.2009 às 00:09

Fartei-me de rir com este video. Mas até não é assim tão descabido, Samuel, e até já vi a piada da Somália e a ausência de estado ser proposta a alguns anarco-capitalistas (daqueles que dizem que tudo o que vem do estado é mau, q eua mínima concessão nesse sentido é o princípio de nova URSS e que o futuro das forças armadas está na sua privatização).
Imagem de perfil

De Samuel de Paiva Pires a 18.06.2009 às 00:13

Está realmente de morrer a rir :) E claro que concordo, não é assim tão descabido, mas eu também não sou um desses anarco-capitalistas que pululam especialmente nos EUA.
Sem imagem de perfil

De André a 18.10.2012 às 07:03

Incrível como comparam um país onde não existe anarquia, existe é o caos total, nascido de uma guerra civil e onde não existe organização nenhuma. Simplesmente nasceu um regime caótico de uma guerra, o que me parece totalmente natural. É também incrível como as pessoas ficam com o pensamento feito em relação ao anarco-capitalismo criticando-o, enquanto que os grandes fomentadores de guerras são exactamente os governos. As guerras mundiais que eu bem me lembro foram iniciadas por disputas governamentais. Se simplesmente pudessem pensar em passar para uma anarquia ordenadamente, fornecendo organização transitória, em vez de criticarem um regime nascido de uma guerra civil. Aliás, quando o governo intervém depois de uma guerra civil ou de um golpe de estado sai sempre asneira, caímos sempre em ditaduras. Portanto, a liberdade deve ser devolvida às pessoas de forma ordenada e de foram lenta para garantir a sustentabilidade da organização. É ignorante quem utiliza a somália como exemplo de anarco-capitalismo.

Comentar post







Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Links

Estados protegidos

  •  
  • Estados amigos

  •  
  • Estados soberanos

  •  
  • Estados soberanos de outras línguas

  •  
  • Monarquia

  •  
  • Monarquia em outras línguas

  •  
  • Think tanks e organizações nacionais

  •  
  • Think tanks e organizações estrangeiros

  •  
  • Informação nacional

  •  
  • Informação internacional

  •  
  • Revistas