Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Neste primeiro dia de Setembro,

por Cristina Ribeiro, em 01.09.09

 

 

lembrar que a minha pré adolescència foi muito marcada pelo livro « Setembro,  Que Grande Mês », e continuou a marcar a minha vivência até hoje. Tem muito a ver com a melancolia que faz parte de mim. Nele encontro a estética adequada aos meus gostos telúricos, como ver o sol já baixo atravessar, com os seus raios, os já velhos carvalhos que ladeiam a estrada da Falperra, e de lá, do alto, ver o vermelho em fogo que se espraia no horizonte.É altura de trautear "Les oliviers baissent les bras. Les raisins rougissent du nez (...)  C'est en Septembre que je me fais la bonne année ".

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:46


5 comentários

Sem imagem de perfil

De patti a 01.09.2009 às 09:06

Setembro é um mês fantástico, dos meus preferidos e tem muito a ver com a nossa alma lusa.
Imagem de perfil

De Cristina Ribeiro a 01.09.2009 às 19:13

Patti, ainda me lembro, com saudades, de quando passava o mês inteirinho na Póvoa de Varzim; quando de manhã a ronca soava, sinal de nevoeiro, íamos, com casaco vestido, para o Diana Bar ( actual biblioteca - era um edifício grande , mas acolhedor ) beber chocolate quente.
Imagem de perfil

De António de Almeida a 01.09.2009 às 15:58

Setembro é o melhor mês do ano.
Imagem de perfil

De Cristina Ribeiro a 01.09.2009 às 19:21

Não só no aspecto climático, mas também visual, António. Quando regressava do trabalho, reparei que as folhas das videiras já começam a ficar vermelhas.
Sem imagem de perfil

De Luísa a 02.09.2009 às 15:58

Cristina, Setembro é também o meu mês: o mês do reequilíbrio, no clima e nas rotinas da vida. Além de que me renova sempre, com os seus maravilhosos ocres outonais, a esperança de melhores dias. :-)

Comentar post







Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Links

Estados protegidos

  •  
  • Estados amigos

  •  
  • Estados soberanos

  •  
  • Estados soberanos de outras línguas

  •  
  • Monarquia

  •  
  • Monarquia em outras línguas

  •  
  • Think tanks e organizações nacionais

  •  
  • Think tanks e organizações estrangeiros

  •  
  • Informação nacional

  •  
  • Informação internacional

  •  
  • Revistas