Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Aquele céu cinzento, com as nuvens a correrem

por Cristina Ribeiro, em 09.09.09

 

para lugar incerto, mas velozes, era prenúncio de carga d'água, pensava a mulher vestida de negro, enquanto aconchegava a si o xaile. Toda a tarde soprara um vento que penetrava no corpo desprotegido. E parecia-lhe que se avizinhava uma trovoada daquelas a que só Santa Bárbara podia acudir.

Apressou o passo, que já sentia as primeiras gotas de chuva. Bem depressa essas gotas deram lugar a uma chuvada forte, e a mulher cobriu a cabeça com o xaile. No caminho, de terra, começavam já a formar-se poças com a chuva, que agora caía com mais força ainda

Sentiu enregelarem-se-lhe os ossos .

Já via a casa, com os dois cães muito agitados, como quem pressente que a natureza está zangada. Lembrou-se então do ramo de oliveira que guardara no último Domingo de Ramos.Em alturas assim, a mãe sempre a ele recorrera. E com o ramo na mão rezou à Santa. Lá fora, os animais ganiam.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 00:29


5 comentários

Sem imagem de perfil

De Helena Branco a 09.09.2009 às 12:40

há sempre uma folhinha...numa poça d água...e uma
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

há sempre uma folhinha...numa poça d água...e uma <BR class=incorrect name="incorrect" <a>preçe</A> para o desassossego...Lembro-me da que se rezava a Santa Bárbara <BR>Bárbara/se vestiu e calçou/pelo caminho do Senhor <BR>andou/ e o Senhor lhe perguntou/ Bárbara onde vais?/ oh! Senhor eu ao céu vou/desmanchar a trovoada/ que Vós lá tendes armada/vai sim e vota-a ao monte maninho onde não haja pão nem vinho/nem raminho de oliveira/ nem pedrinha de sal/ nem abafo de menino/ nem coisa a que faça mal/... <BR>Para a menina que olha a trovoada...ABRAÇO CRISTINA
Sem imagem de perfil

De Helena Branco a 09.09.2009 às 13:00

há sempre uma folhinha de oliveira...numa poçinha d
água e uma prece para a trovoada...Lembro-me da oração a Santa Bárbara: Santa Bárbara se vestiu e calçou pelo caminho do Senhor andou o Senhor lhe perguntou Bárbara aonde vais oh Senhor eu ao céu vou desmanchar a trovoada que Vós lá tendes armada
vai Bárbara e vota-a ao monte maninho onde não haja pão nem vinho nem raminho de oliveira nem pedrinha de sal nem abafo de menino nem coisa a que faça mal...
ABRAÇO para a menina que olha a mulher de xaile e escuta a trovoada...
Imagem de perfil

De Cristina Ribeiro a 09.09.2009 às 23:05

Aqui na aldeia, durante toda a infância, era uso levarmos à missa de Domingo de Ramos um ramo de oliveira que era benzido e dedicávamos a Santa Bárbara.
Abraço, Helena
Imagem de perfil

De António de Almeida a 09.09.2009 às 15:44

Nem me fale em trovoada, acordei hoje madrugada ainda ao som dos trovões, apanhei chuva mal saí de casa e cheguei atrasado ao trabalho.
Imagem de perfil

De Cristina Ribeiro a 09.09.2009 às 23:08

O que me levou a escrever isto foi o facto de àquela hora estar um tempo quente, mas abafado, a adivinhar trovoada; agora deve vir a caminho do Norte :)

Comentar post







Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Links

Em destaque

  •  
  • Estados protegidos

  •  
  • Estados amigos

  •  
  • Estados soberanos

  •  
  • Estados soberanos de outras línguas

  •  
  • Monarquia

  •  
  • Monarquia em outras línguas

  •  
  • Think tanks e organizações nacionais

  •  
  • Think tanks e organizações estrangeiros

  •  
  • Informação nacional

  •  
  • Informação internacional

  •  
  • Revistas