Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Quando não convém estar em todas

por João Pedro, em 11.09.09

Não haja dúvida que Francisco Louçã gosta muito de disfarçar o que é ou o que não é. Quando no debate com Sócrates disse que toda a sua vida tinha sido "socialista, laico e republicano", senti que havia qualquer coisa que não estava bem (além da tentativa despudorada de se colar a Mário Soares, camuflando uma vez mais a sua natureza ideológica). Tinha ideia que Louçã tinha participado na Vigíla da Capela do Rato. Este oportuníssimo post do Herdeiro de Aécio tirou-me todas as dúvidas.

 

"(...)Ora então vejamo-lo a exibir todo o seu laicismo republicano no canto superior esquerdo da fotografia acima, que foi tirada à porta da Capela do Rato, integrado num grupo de pessoas que na altura se designavam por católicos progressistas, grupo esse que se notabilizou por se ter instalado na dita Capela na passagem do ano de 1972 para 1973 para ali realizarem uma acção que decidiram baptizar de Vigília pela Paz.

Como os vigilantes costumam passar as vigílias a orar, já de há muito que tinha a curiosidade de perguntar ao Louçã de hoje, houvesse oportunidade, quais as orações que ele teria rezado durante tal vigília… O Padre-Nosso? O Ave-Maria? O Salve-Rainha? Ainda se lembra de alguma?... Claro que, depois desta tirada dele de ontem, a curiosidade ter-se-á tornado mais premente que nunca, embora confesse que a maneira como imagino que ele tenha passado o tempo na vigília na Capela possa ter sido muito mais variada do que pensava originalmente: a assobiar a Carmagnole? A trautear o Ça Ira? A cantar a Internacional?...

O pudor não é republicano nem laico, é só pudor, mas convém que Francisco Louçã demonstre que o tem, pode não ser desde sempre, apenas durante estes dias que correm…"
 
Não haja a menor dúvida, Louçã vai a todas. Mas se assim é, podia falar um pouco menos: sempre se escusava a meter os pés pelas mãos e os ouvintes eram poupados ao seu tom de pregador (que por acaso nem ficaria mal numa capela). Terá o "coordenador" do Bloco, trocado a sua vocação, pelas portas travessas da vida, e passado ao lado de uma grande carreira eclesiástica?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:04


1 comentário

Sem imagem de perfil

De Luis a 12.09.2009 às 16:10

Não sabia dessa… Mas não me surpreende já que o ex-irmão e agora camarada Louçã tem estilo de pregador protestante. Houve uma pessoa muito inteligente que disse que nos meios onde havia grande necessidade de pregar moral havia em geral uma grande deficiência moral. Aplicava-se isto aos meios evangélicos e protestantes mas assenta que nem uma luva aos BEs e outros hipócritas do mesmo género.

Comentar post







Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Links

Estados protegidos

  •  
  • Estados amigos

  •  
  • Estados soberanos

  •  
  • Estados soberanos de outras línguas

  •  
  • Monarquia

  •  
  • Monarquia em outras línguas

  •  
  • Think tanks e organizações nacionais

  •  
  • Think tanks e organizações estrangeiros

  •  
  • Informação nacional

  •  
  • Informação internacional

  •  
  • Revistas