Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




" Já não leio; releio ",

por Cristina Ribeiro, em 13.09.09

dizia José Luís Borges; mas o escritor argentino já tinha, quando assim falava, na sua conta corrente milhares e milhares de páginas lidas, pelo que podia dar-se a esse luxo. Não é, evidentemente, o meu caso, pelo que ainda há à minha espera muitos livros a serem folheados pela primeira vez. Não obstante, é uma das coisas de que gosto: reler. Voltar aos livros de que gostei, e que me garantem uma segunda leitura que me mostrará coisas passadas despercebidas, porque por elas passei quase como raposa por vinha vindimada. Pormenores ricos, que se escondem nas entrelinhas. Tenho feito isso com os dois grandes do século  XIX - menos com Eça, é verdade -, mas, do mesmo modo, com escritores mais próximos de nós no tempo, com a balança a pesar mais para os seguidores da Escola Camiliana

Hoje, porém, os meus olhos pararam num outro livro, do sécu XIX também: voltar a acompanhar Almeida Garrett, nas viagens que fez pela nossa terra...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:28


5 comentários

Sem imagem de perfil

De mike a 14.09.2009 às 02:00

Curioso, Cristina... nem calcula como gosto de reler. Cada vez mais e encontro sempre pedaços desconhecidos nessas releituras (a última foi Ter e Não Ter de Hemingway). Bom, pelos vistos não sou o único maluco... ;)
Imagem de perfil

De Cristina Ribeiro a 14.09.2009 às 16:18

Obrigada pelo epíteto, Mike :)
Em idades diferentes vemos coisas diferentes.
Imagem de perfil

De António de Almeida a 14.09.2009 às 12:55

Não sei em que altura li esse, mas sei que foi por obrigação escolar. Normalmente não releio, posso eventualmente consultar determinada passagem à procura de algo, até porque me falta sempre tempo para ler tudo o que gostaria.
Imagem de perfil

De Cristina Ribeiro a 14.09.2009 às 16:25

Antes de o ler no liceu, li-o só porque me interessou a história de Joaninha, a saltar páginas, pois :)
Agora estou a lê-lo já com outra perspectiva.
Sem imagem de perfil

De Luísa a 15.09.2009 às 00:07

Estamos na mesma onda, Cristina. O nosso século XIX literário nunca deixa de me maravilhar. :-)

Comentar post







Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Links

Em destaque

  •  
  • Estados protegidos

  •  
  • Estados amigos

  •  
  • Estados soberanos

  •  
  • Estados soberanos de outras línguas

  •  
  • Monarquia

  •  
  • Monarquia em outras línguas

  •  
  • Think tanks e organizações nacionais

  •  
  • Think tanks e organizações estrangeiros

  •  
  • Informação nacional

  •  
  • Informação internacional

  •  
  • Revistas