Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Por cá, começam amanhã as vindimas,

por Cristina Ribeiro, em 24.09.09

 

maduras que estão as uvas, entre parras que vão do verde, ainda, ao amarelo e vermelho, que o Outono está deslumbrante, e esplendorosas as cores que vai plantando.

Amanhã, depois de sairem das fábricas, os homens vão começar a soltar o grito de " torna ", sinal para que as mulheres despejem os cestos cheios nos tractores, que hão-de levar os cachos assim colhidos aos lagares domésticos ou do vizinho que foram ajudar. Para a semana, trocam de posição, e os que vão amanhã ajudar passam a ser os ajudados, naquele espírito de entreajuda, que implica como única paga as refeições durante o fim-de-semana, o tempo que normalmente dura a vindima.

E, inevitavelmente, vêm à memória os dias depois, em que, na infância -porque o processo de espremer o sumo é outro já - entrávamos no lagar de granito, lavados os pés em baldes com água bem quente, para pisar os bagos brancos ou negros. A festa começava então, com cantorias, ao som do sempre presente cavaquinho.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:19


7 comentários

Imagem de perfil

De Daniel João Santos a 24.09.2009 às 22:03

Lembro-me da minha infância, quando o meu pai e os meus tios enchiam dois lagares de usas e as pisávamos... que saudades dessa tradição.
Imagem de perfil

De Cristina Ribeiro a 24.09.2009 às 23:07

Uma festa, Daniel :)
Sem imagem de perfil

De patti a 24.09.2009 às 22:25

A inveja é feia mesmo, mas que inveja de não poder presenciar isso tudo, Cristina!
Imagem de perfil

De Cristina Ribeiro a 24.09.2009 às 23:09

Está perdoada, Patti, porque se não tivesse vivido isto também a teria, logo não podia, mesmo, atirar a primeira pedra :)
Sem imagem de perfil

De CPrice a 25.09.2009 às 09:20

:) magnífico texto Cristina, cheio de lembranças para mim :))

Beijinho e bom fim-de-semana *
Sem imagem de perfil

De Miguel Neto a 25.09.2009 às 23:00

Durante alguns anos as vindimas foram um dos meus "complementos de mesada", que o sr. meu pai sempre fez questão de não dar para grandes extravagâncias. Belos tempos!
Imagem de perfil

De António de Almeida a 26.09.2009 às 00:32

A vida nunca me proporcionou assistir às vindimas. Penso que gostaria, mas...

Comentar post







Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Links

Em destaque

  •  
  • Estados protegidos

  •  
  • Estados amigos

  •  
  • Estados soberanos

  •  
  • Estados soberanos de outras línguas

  •  
  • Monarquia

  •  
  • Monarquia em outras línguas

  •  
  • Think tanks e organizações nacionais

  •  
  • Think tanks e organizações estrangeiros

  •  
  • Informação nacional

  •  
  • Informação internacional

  •  
  • Revistas