Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Importa-se de repetir?

por Cristina Ribeiro, em 29.09.09

"porque o CDS sai destas eleições como um partido da extrema-direita parlamentar. Afirmou-se com uma cultura de extrema-direita europeia, algo que até contraria a cultura histórica da direita portuguesa".

Eu bem digo que " estes romanos estão loucos ".

Numa coisa concordo com o líder do partido do outro Portas: a coligação seria suicidária, sim, mas para o CDS.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:16


16 comentários

Imagem de perfil

De Nuno Castelo-Branco a 29.09.2009 às 13:30

O excessivo tornou-se irrelevante. A regra cumpriu-se, uma vez mais. Pobre Louçã...
Imagem de perfil

De Cristina Ribeiro a 29.09.2009 às 20:00

Uma vez mais, Nuno...
Sem imagem de perfil

De P.F. a 29.09.2009 às 15:23

Convenhamos, não é todos os dias que se é passado para trás por um partido que não vai há muito andava com 4 a 6 % de sondagens, depois de tantos soundbytes nos média que já davam o BE como 3ª força política.
Não batamos mais no Anacleto. Já basta ele não ter conseguido a posição muito a jeito para ajudar a tornar Portugal um paraíso do Socialismo.
Imagem de perfil

De Cristina Ribeiro a 29.09.2009 às 20:05

Põe-se a jeito ele mesmo, Pedro, com declarações destas
Imagem de perfil

De José António Abreu a 29.09.2009 às 16:08

Bolas, Cristina, por um momento preocupou-me. Receei que a frase tivesse sido dita por alguém que se pudesse considerar minimamente sensato...
Imagem de perfil

De Cristina Ribeiro a 29.09.2009 às 20:08

Estava distraído, JAA: ninguém, minimamente sensato, a teria proferido
Sem imagem de perfil

De patti a 29.09.2009 às 18:24

Ainda lhes dói muito o tamanho da Porta que levaram na cara.
Imagem de perfil

De Cristina Ribeiro a 29.09.2009 às 20:10

:) O dói-dói deve ter sido grande, sim, Patti...
Sem imagem de perfil

De Miguel Neto a 29.09.2009 às 18:42

Quando se acredita que vale tudo para para se ganhar dá nisto. Mesmo assim, esta desonestidade intelectual do dr. Louçã é o mais inócuo que pode surgir da sua cabecinha. O pior são as "re-educações" (dos que não vêem a Luz mas têm que passar a ver), punições (dos traidores da revolução e do povo trabalhador) ... Se ele um dia ganhasse umas eleições ... basta ver os passos dados por Hugo Chávez, que ainda vai no início da nova era socialista.

Se se instituisse um imposto sobre a Demagogia, só o contributo do dr. Louçã pagaria a dívida externa portuguesa.
Imagem de perfil

De Nuno Castelo-Branco a 29.09.2009 às 19:03

Ou muito me engano, ou o BE fica por aqui.
Sem imagem de perfil

De Miguel Neto a 29.09.2009 às 19:12

Nuno, também acho. Espero que de agora em diante tenham uma "evolução" semelhante à dos irmãos da CDU.
Imagem de perfil

De Cristina Ribeiro a 29.09.2009 às 20:13

Não duvido, Miguel, não duvido...
Sem imagem de perfil

De mike a 29.09.2009 às 20:16

Importa-se de se calar? (pergunto eu)... ah, Cristina, ele há gente que só diz disparates, safa!
Imagem de perfil

De Cristina Ribeiro a 29.09.2009 às 22:46

Em língua portuguesa, ou em versão castelhana, Mike? ( Porque no te callas? :) )
Imagem de perfil

De Daniel João Santos a 29.09.2009 às 22:02

Ou coligação ou muleta.
Imagem de perfil

De Cristina Ribeiro a 29.09.2009 às 22:49

Acordos racionais e bem negociados, não significam muleta, Daniel; antes pelo contrário.

Comentar post







Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Links

Estados protegidos

  •  
  • Estados amigos

  •  
  • Estados soberanos

  •  
  • Estados soberanos de outras línguas

  •  
  • Monarquia

  •  
  • Monarquia em outras línguas

  •  
  • Think tanks e organizações nacionais

  •  
  • Think tanks e organizações estrangeiros

  •  
  • Informação nacional

  •  
  • Informação internacional

  •  
  • Revistas