Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Que há muitas cidades bonitas na Europa,

por Cristina Ribeiro, em 15.10.09

 

diz a Gi.

Lindas, cheias de História - e como gosto de saber um bocado dessa História quando viajo -, com culturas diferentes, mas que de comum têm sempre a matriz civilizacional, que faz de todas lugares distintos mas de fácil identificação. De nações únicas, num só continente, que riqueza advém dessa diversidade. Uma diversidade que se quer cultural, mas política também. Sem ambições invasivas por parte daquelas que circunstâncias várias tornaram economicamente mais fortes.

Porque as pequenas prezam a sua individualidade, e vemos que muitas delas só abdicam da sua soberania por inteiro à força de chantagens económicas. Triste condição a destas pequenas nações...

É isto que os federalistas não entendem.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:59


4 comentários

Imagem de perfil

De António de Almeida a 15.10.2009 às 10:56

Completamente de acordo, a diversidade é a nossa maior riqueza. Há uns anos atrás um ancião disse-me a mim e outros que o ouviam, querem viajar? Esqueçam as viagens da moda, praia têm vocês ao pé da porta e vão descobrir a Europa, nem imaginam o que há para descobrir, talvez uma vida não vos chegue...
P.S. - Essa fota pertence à cidade que mais gostei até hoje...
Imagem de perfil

De João Pedro a 15.10.2009 às 12:16

É bem verdade. Daqui a dias deixo-lhes o resumo da volta que dei este Verão ao leste - mesmo Leste, não centro - da Europa. Onde não faltaram cidades a descobrir.
Sem imagem de perfil

De Gi a 15.10.2009 às 12:43

É bem verdade, Cristina. A globalização da informação tem sido uma arma de dois gumes: se por um lado nos aproxima, por outro torna-nos mais iguais e menos interessantes.

Quanto a viagens, os países sem praia são talvez os mais interessantes, porque não se deixaram deslumbrar pelo turismo de massas, não transformaram a sua cultura em artesanato feito na China, a sua gastronomia em hamburgers nem a sua arquitectura em resorts.

Adoro Roma, mas qualquer pequena cidade italiana vale uma visita.
Sem imagem de perfil

De Ana Campos a 15.10.2009 às 14:10

Amava ir a Itália, Viana de Austria e Grécia.
Amava mesmo!

Comentar post







Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Links

Estados protegidos

  •  
  • Estados amigos

  •  
  • Estados soberanos

  •  
  • Estados soberanos de outras línguas

  •  
  • Monarquia

  •  
  • Monarquia em outras línguas

  •  
  • Think tanks e organizações nacionais

  •  
  • Think tanks e organizações estrangeiros

  •  
  • Informação nacional

  •  
  • Informação internacional

  •  
  • Revistas