Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Isto está ainda pior do que pensava.

por Cristina Ribeiro, em 03.12.09

Em conversa com pessoa da mesma geração, disse-lhe o quanto tinha ficado chocada com a escolha do dia em que se comemorava a Restauração para a assinatura do Tratado de Lisboa. Fiquei boquiaberta, chocada, quando a minha interlocutora me disse, em tom de  quem quer significar " e é normal que assim seja ", que hoje já quase ninguém liga a " isso "; isto dias depois de pessoa mais nova ter dito que o conceito de nação está ultrapassado.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:52


14 comentários

Imagem de perfil

De P.F. a 03.12.2009 às 13:25

Se "ninguém" liga a isso pode ser que o sr. Ninguém lhes acuda quando um dia já nada restar.
Imagem de perfil

De António de Almeida a 03.12.2009 às 14:00

Quando os governantes afundarem o país, os europeus nos virarem as costas por não estarem dispostos a pagar com os seus impostos os nossos disparates, quero ver se "ninguém" liga mesmo ao conceito de nação...
Imagem de perfil

De Cristina Ribeiro a 03.12.2009 às 15:32

Pedro e António, vemos assim que o trabalho de sapa tem tido os seus resultados: mais uma razão para " não se baixar os braços " como aqui já alguém disse, e consola o facto de se ver aqui na blogosfera pessoas que não se deixaram ir no canto das sereias.
Sem imagem de perfil

De Luísa a 03.12.2009 às 15:33

Pois eu fico é surpreendida com a surpresa da Cristina. Tem a certeza de que a sua interlocutora sabia o que foi a Restauração? E o que é o Tratado de Lisboa?...
Sem imagem de perfil

De editor69 a 03.12.2009 às 15:43

Por ninguém lhe ligar ou ter o conceito de nação...
é que elas irão depois chorar por não terem emprego ao sr.Ninguém!
É bem feito...eu costumo dizer que "estes" portugueses teem os governantes e o nivel de vida que merecem...pobres e dependentes!
Imagem de perfil

De Cristina Ribeiro a 03.12.2009 às 15:48

A precisarmos de uma verdadeira revolução, Editor - como escreveu há dias o Pedro Félix, de mentalidades.
Imagem de perfil

De Manuel Pinto de Rezende a 03.12.2009 às 16:36

ooora... que eu até queria escrever sobre isto...
Imagem de perfil

De Nuno Castelo-Branco a 03.12.2009 às 18:33

Deixe os "subsídios UE" chegarem ao fim e vai ver a quem essa gente atira logo as culpas da decadência. Não falta muito.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 03.12.2009 às 19:12

Que eu cá não queria intrometer-me na questão...
Mas digo-vos o seguinte: eu jugo saber o que a História escreveu sobre a Restauração - a da Independência - aquela que se perdeu no dia em que morreu Camões.

E sei o que diz essa coisa que se chamou pomposamente Tratado de Lisboa, na verdade um Tratado Reformador. Uma trampa articulada...

O Tratado em causa que o homem de cabelo grisalho exibe como se fosse a nova bandeira do esforço socialista, ao ser assinado na data em causa, ilustra a ignorãncia e o desrespeito dos poveiros com POder.

O Tratado de Lisboa retira SOBERANIA a Portugal!!! A Restuaração, traz de volta a soberania a Portugal.

Mas como dizia um imberbe socialista, em Coimbra, « perder um pouco de soberania não faz mal a ninguém....»; portanto, essa coisa da Restauração para ele e familia partidária e outros que se calaram, também mais não é do que um preciosismo da treta.

Para mim não é!

Agora esperem até ver os deputados europeus meterem-se no parlamento nacional ... e a decidir aquilo em que não nos entendemos ou que não servir a carapuça europeia.
Acham que a próxima revolução se faz com rosas?
Ou vem por aí um Maneta impôr-nos o ditame dos que mandam?

Educadinha
Imagem de perfil

De Nuno Castelo-Branco a 04.12.2009 às 18:19

Claro que não lhes faz mal, a perda da soberania. É compensada por mais uns tachos aqui, ali e acolí
Imagem de perfil

De Daniel João Santos a 03.12.2009 às 21:32

orgulho na nação deveria ser o normal.
Sem imagem de perfil

De cbo a 04.12.2009 às 23:57

Já não sei onde, comentei exactamente isso. Fantástico que no 1º de Dezembro se tenha falado de uma cimeira pouco interessante, de um Tratado de Lisboa que ninguém sabe exactamente o que é, de crimes, faces ocultas, minaretes, etc, mas não li nem ouvi nada sobre a Restauração. Seria por estrem cá os reis espanhóis e ninguém os querer melindrar?
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 05.12.2009 às 03:18

Caro CBo,

Eu acho que não... mas faça V. Exª. a gentileza de nos lembrar o evento....assim... em laia de «canção de gesta»...
educadinha
ou poltergeist consoante a mood

Comentar post







Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Links

Em destaque

  •  
  • Estados protegidos

  •  
  • Estados amigos

  •  
  • Estados soberanos

  •  
  • Estados soberanos de outras línguas

  •  
  • Monarquia

  •  
  • Monarquia em outras línguas

  •  
  • Think tanks e organizações nacionais

  •  
  • Think tanks e organizações estrangeiros

  •  
  • Informação nacional

  •  
  • Informação internacional

  •  
  • Revistas