Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




António Costa e a panelinha de pressão

por John Wolf, em 06.05.15

W92160-6qt-Pressure-Cooker_large.jpg

 

Estão surpreendidos? A Câmara Municipal de Lisboa (e as restantes autarquias) deve (m) ser virada (s) ao avesso. Por um instante apenas ponham de parte os partidos e a política. Concentrem-se na ideologia de mercados e dinheiro. Na religião das influências. No sector profissional da troca de favores. Estão chocados com os alegados favorecimentos da autarquia ao Grupo Espírito Santo? Pois, não deviam estar. Sabemos como as coisas funcionam. Imaginem uma enorme orgia com convidados de todos os parâmetros económicos e sociais. Um enorme lóbulo de amigos e compadrios, arquitectos, empresários, escritores, poetas, intelectuais, fazedores de opinião, jornalistas, advogados, construtores, gestores de resíduos sólidos, responsáveis de outdoors, directores de agências de comunicação, donas de quiosques e refrescos - tudo misturado numa bela caldeirada de vantagens para quem está no poder e não só. É disso que se trata. Venha de lá essa sindicância, a investigação levada a cabo por instâncias judiciais. O que é realmente impressionante é ter havido tanto silêncio durante tanto tempo. Alguém colocou uma tampa firme sobre a panela. Pelos vistos há limites para a pressão que se aguenta. Quero lá saber de timings e calendários eleitorais. Está a acontecer agora? Ainda bem. Portugal e Lisboa merecem melhor.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:38


2 comentários

Sem imagem de perfil

De isa a 07.05.2015 às 10:03

Perdida a minha fé na espécie humana que, inevitavelmente, terá um fim como todas as outras que existiram e existem ao cimo deste Planeta, no mínimo, seria de esperar que, pelo menos, quisessem comprovar aquilo que na sua arrogância apregoam, de que são superiores às outras todas. Assim sendo, quando tenho de ir votar, uso algo muito pessoal... algo parecido com uma Escala de Bristol ;)
Acrescento algo que por aí fui deixando ou impedida de deixar, porque isto de todos serem "Charlies" é só às vezes ;)   
Na juventude tinha a ingénua ideia de ser possível mudar o Mundo para melhor, tive a experiência até aos 16 anos de viver na Ditadura e ao entrar na idade adulta, uma pergunta nunca deixou de me incomodar... compreendia o desejo de ter dinheiro, mas sacrificar outros seres humanos para ter ainda mais, tanto que nem conseguiriam gastá-lo em 1000 vidas, qual o objectivo? Claro que, para quem tem tudo o que o dinheiro pode comprar, só resta o poder de se imaginar uma espécie de Deus. Bastou juntar alguns, e o jogo ficou viciado e entrámos num novo paradigma, por sinal, bem negro. 
Nos Tempos que correm, mesmo havendo uma hipótese de aparecer um Grande Estadista... é tudo uma questão de preço e eles podem comprar e, muito provavelmente, nem aceitam recusas... <a ref="https://www.youtube.com/watch?v=Jy3OLp3z_-k (https://www.youtube.com/watch?v=Jy3OLp3z_-k)">link</a>
Sem imagem de perfil

De isa a 07.05.2015 às 10:09

Não sei se o meu comentário anterior entrou, mas queria acrescentar que é claro que os perigos não virão só daí, porque os movimentos fundamentalistas, que até mandaram alguns aprender como conduzir aviões, podem arranjar especialistas noutras coisas... Em Davos 2015 onde se juntaram os super ricos, não foi por acaso que convidaram um dos maiores especialistas mundiais sobre a única coisa que temem, infelizmente, também má para os restantes habitantes do Planeta <a href="http://www.france24.com/en/20150129-business-interview-eugene-kaspersky-cybersecurity-terrorism-davos-sony-hack/ (http://www.france24.com/en/20150129-business-interview-eugene-kaspersky-cybersecurity-terrorism-davos-sony-hack/)">link</a>
Quando acabei de ouvir esta entrevista lembrei-me daquelas palavras de Einstein, que não sabia como ia ser combatida a 3ªGuerra Mundial mas que a 4ª seria com pedras e paus, pois começo a ter a certeza que a 3ª já começou e vai ser combatida com zeros, uns, apenas logaritmos matemáticos, recordo quando, à distância, as centrifugadoras nucleares iranianas foram destruídas, uma a uma, agora só falta imaginar terroristas que nem precisam sair do sítio... tentando olhar o futuro com algum optimismo, espero que ainda se consiga chegar... àquela dos paus e das pedras.

Comentar post







Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Links

Estados protegidos

  •  
  • Estados amigos

  •  
  • Estados soberanos

  •  
  • Estados soberanos de outras línguas

  •  
  • Monarquia

  •  
  • Monarquia em outras línguas

  •  
  • Think tanks e organizações nacionais

  •  
  • Think tanks e organizações estrangeiros

  •  
  • Informação nacional

  •  
  • Informação internacional

  •  
  • Revistas