Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Darwin, sushi e a pastorinha das Laranjeiras

por Fernando Melro dos Santos, em 18.08.17

na cabeça evoluida e cheia de omega-3 de leonidio ferreira, os 100% de islamidade verificados nos atentados deste seculo nao devem conduzir-nos a cair na islamofobia. tendo eu conversado no real com esta corpulencia parda, ouso supor que assenta a sua tese na ideia de terem sido pessoas em nome do islao, e nao o islao arquetipal em si, a matar; um pouco da mesma forma que foram pessoas em nome do comunismo, do nazismo e de pazuzu quem perpetrou chacinas sem conta no seculo passado, e nao aquelas construcoes ideologicas nem uma postulada totalidade dos seus seguidores. nao é preciso ser biologo para perceber que o leonidio, tal como o quadros, o markl, a cancia e restantes autistas profissionais, podem ser muita coisa mas certo é, como qualquer não-negacionista do darwinismo pode apurar, que sao produtos de uma especiação diferente da minha e da de gente que seja sadia do encéfalo. a falacia que corre por estas redes fora continua a ser comentá-los e àquilo que escrevem como se de humanos se tratasse, quando seria suficiente comparar, com a devida paralaxe, a qualidade e o teor do séquito que os acolita para concluir pela gargalhada. desculpem la a falta de acentos mas estou de luto, a escrever sem tempo e sentado num wc.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 06:49


1 comentário

Sem imagem de perfil

De JMJ a 18.08.2017 às 15:44

Peço desculpa mas devo estar no lado errado da internet:

"os 100% de islamidade verificados nos atentados deste s(é)culo" - O autor do texto baseia-se em que dados? Nos atentados perpetrados e reivindicados pelo DAESH? só pode! Assim de repente, e sem exaustiva busca, tivemos, ainda na semana passada, o atentado em Charlotesville (1 morto, dezenas de feridos) ou aquele atentado na Noruega do Breivik (mais de 70 mortos, mais dezenas de feridos).

Fora isso, faltam outras acções semelhantes como ataques a mosquitas que, pelos vistos, também não são atentados terroristas...

Peço desculpa pelo incomodo mas dá logo para ver a (falta de) lógica do argumento apresentado, mas quando a verdade dos factos não serve o argumento...

Comentar post







Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Links

Estados protegidos

  •  
  • Estados amigos

  •  
  • Estados soberanos

  •  
  • Estados soberanos de outras línguas

  •  
  • Monarquia

  •  
  • Monarquia em outras línguas

  •  
  • Think tanks e organizações nacionais

  •  
  • Think tanks e organizações estrangeiros

  •  
  • Informação nacional

  •  
  • Informação internacional

  •  
  • Revistas