Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Lindos serviços do Estado Sentido

por John Wolf, em 04.10.16

ES campanha 16.jpg

 

Boa tarde. Bem-vindo! Tem 5 minutinhos que possa dispensar? Muito bem. Deixe que lhe apresente os serviços Estado Sentido. Estamos implantados no mercado há quase uma década e oferecemos uma vasta gama de produtos e soluções. Somos peritos em dissimulações e meias-verdade, mas igualmente competentes a dourar pílulas. O nosso serviço de recolha de informação já foi certificado e apresentado como exemplo por diversas casas de rating. Os nossos técnicos de oportunismo são dos mais credenciados que pode encontrar. Somos igualmente eficazes em start-ups de rumores e na gestão de boatos. O Estado Sentido entende os anseios dos seus clientes e definiu uma estratégia de resposta imediata. Um piquete de intervenção está preparado 24 sobre 24 horas para acomodar o seu pedido mais exigente. Não deixe de consultar a nossa empresa antes de tomar uma decisão. Não se deixe enganar por alternativas mais credíveis. Estamos prontos para inventar a sua próxima história de sucesso. Contacte-nos. Fale connosco. Somos líderes marcados. Obrigado.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:21

Boataria malcriada

por João Pinto Bastos, em 27.10.13

As redes sociais são, em certas circunstâncias, o palco privilegiado de alguns fenómenos virais intrinsecamente nojentos. Digo nojentos porque quem os protagoniza e incita são pessoas que, no fundo, não têm vida própria. São, em boa verdade, autênticos pistoleiros da imoralidade própria e alheia. Vem isto a propósito da vida privada de Manuel Maria Carrilho e Bárbara Guimarães. O que se passa na intimidade destas duas personalidades públicas não me interessa rigorosamente nada, que fique desde já muito claro. Já o mesmo não poderá dizer, por exemplo, Fernanda Câncio. Ler, como ontem li no Twitter da dita jornalista de fofoquices,  que Carrilho é um "bandalho" (a convivência com Sócrates produz autênticos fenómenos do entroncamento) porque espancou, supostamente, a célebre apresentadora (já houve alguma condenação judicial nesse sentido, caríssima Fernanda?) dispensa quaisquer comentários. Não sei se Carrilho bateu ou não bateu em Bárbara Guimarães, nem isso, como referi há pouco, me interessa, o que sei é que o boato maledicente e o despudor malcriado, irrompem a uma velocidade titânica, manchando reputações com uma facilidade incomum. Dizia Virgílio que o boato se propaga com muita rapidez, e, de facto, não há nada que ilida essa ideia. O que me horroriza é a ligeireza com que, no espaço público, se destroem reputações com base em imputações veiculadas para a imprensa, sem que tenha havido, previamente, qualquer condenação judicial. É assim que se bestializa a liberdade. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:31

Será que é desta?!

por Regina da Cruz, em 13.09.13
Ministro da Economia afirma que o Estado deve reduzir a estrutura de custos para aliviar o quadro fiscal dos portugueses
Perante os bons sinais da economia, António Pires de Lima diz que depois do esforço das empresas e do ajustamento que as famílias fizeram é agora a vez do Estado fazer a sua parte, ou seja reduzir a estrutura de custos para aliviar o quadro fiscal aos portugueses. Declarações de António Pires de Lima, ministro da Economia.
12-09-2013 - TVI - Diário da Manhã

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:10






Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Links

Estados protegidos

  •  
  • Estados amigos

  •  
  • Estados soberanos

  •  
  • Estados soberanos de outras línguas

  •  
  • Monarquia

  •  
  • Monarquia em outras línguas

  •  
  • Think tanks e organizações nacionais

  •  
  • Think tanks e organizações estrangeiros

  •  
  • Informação nacional

  •  
  • Informação internacional

  •  
  • Revistas


    subscrever feeds