Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Contratação - João Tavares

por Samuel de Paiva Pires, em 16.03.17

É com muito gosto que anuncio a mais recente contratação do Estado Sentido. Chama-se João Tavares e tem 24 anos. É solteiro, mas não anda solto. Gosta muito de Cimino e de James Gray, de Celine e Balzac. Como escreveu este último, não sabe qual será o seu futuro: ministro ou homem honesto, ainda está tudo em aberto. É conservador em política para poder ser radical em tudo o resto (Oakeshott dixit). Não é ex-fumador. Bem-vindo, caríssimo João!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:10

Reforço de Inverno - Manuel Sousa Dias

por Samuel de Paiva Pires, em 01.03.14

Como não há duas sem três, é com muito gosto que anuncio mais um reforço do Estado Sentido, o Manuel Sousa Dias. Nascido em Lisboa em 1968, é licenciado em Marketing pela Universidade de Greenwich e gosta de trabalhar em comunicação empresarial no sector farmacêutico, embora não seja nada esquisito nos tempos que correm. Politicamente é de direita liberal, acredita numa economia com regras, que premeia a iniciativa, o trabalho, o mérito e a rectidão, valores que não são tão populares como gostaria. Revolta-se com a cultura de esquemas, privilégios, prebendas e sinecuras que por aí abunda e afirma-se de direita porque não acredita que em Portugal haverá alguma vez condições financeiras para um dia cada português ter direito a 15 minutos de tacho. Adora o humor dos Monthy Python e de Little Britain. Aliás, gostava de um dia fazer um programa de humor na mesma linha, um Little Portugal, a roçar o mau gosto e a fazer moer o juízo da gentalha pseudo-bem-pensante-politicamente-correcta-vegetariana-liofilizada-pasteurizada-e-moralmente-superior. Nos tempos livres gosta de tirar fotografias, ouvir música, com particular preferência por Pink Floyd e Miles Davis em altos berros, tocar guitarra, cantar num coro, dar uns valentes passeios de mota e de misturar tudo isto. Acredita em coisas invisíveis, como Deus e o Reiki, embora o primeiro esteja injustamente fora de moda e o segundo ainda não tenha sido possível provar a sua existência. Bem-vindo, caro Manuel!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:42

Reforço de Inverno - Nuno Gonçalo Poças

por Samuel de Paiva Pires, em 24.02.14

É com imenso prazer que anuncio o segundo reforço de inverno do Estado Sentido, o Nuno Gonçalo Poças. Advogado nascido no Estoril, em 1985, criado a meio tempo na dureza da Beira Baixa e no outro meio tempo na cintura industrial da margem sul do Tejo, é licenciado em Direito pela Universidade de Lisboa, onde foi dirigente associativo e boémio praticante, actividade da qual se diz "reformado e mal pago". Acha que ainda há europeístas cépticos como ele e ainda não sabe se tem mais razão quem o chama liberal, se quem o chama conservador, tendendo mais a ficar agradado com aqueles que o tratam como um liberal-revolucionário-burguês-conservador. Apesar de fervoroso republicano, não celebra o 5 de Outubro e não se importava nada de ter como Chefe de Estado a Rainha Isabel II – e como roommate a Kate Middleton. Como cantavam os Not Sensibles, diz que está "in love with Margaret Thatcher", mas não tem pudor nenhum em dizer que os Smiths são uma das suas bandas preferidas. Militante do PSD desde 2004, diz que só admira Sá Carneiro por este ter sido um inconformado com o próprio partido que este fundou. Tem, portanto, dificuldades em ser um alinhado. As más línguas chamam-no ambíguo. Andou pelos blogs alguns anos, tendo fundado e feito o funeral ao Geração de 80, não tendo qualquer actividade desde essa data até hoje. Bem-vindo, meu caro!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:51

Reforço de Inverno - Nuno Resende

por Samuel de Paiva Pires, em 23.02.14

É com muito gosto que anuncio que, a partir de hoje, passamos a contar com o Nuno Resende no Estado Sentido. Nascido em Cinfães em 1978, licenciou-se em História e doutorou-se em História da Arte. É professor auxiliar na Universidade do Porto. Monárquico, católico, non partisan democrat e iberista teórico. Acha que acima dos valores colectivos estão os individuais mas acredita firmemente na caridade e na solidariedade como expressão e Caminho. É tolerante mas não admite "-ismos". Em termos musicais vive nos anos 70 e 80, tendo os Queen como matriz, GNR no caso português e Bossa Nova como prova da prevalência lírica do português. Vê em Jorge Luís Borges a pouca necessidade para prémios e considera que o talento sempre vence a mediocridade (embora tarde e depois de um caminho penoso). Vive no Porto - provavelmente a melhor cidade do mundo, tendo em conta que a geografia é estado de espírito. Bem-vindo, caro Nuno!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:18

Estado Sentido foi ao mercado!

por Pedro Quartin Graça, em 01.11.11

O blog Estado Sentido foi ao mercado e logrou contratar um craque. Trata-se de um reforço de peso para a equipa deste blog a entrada de Júlio Reis Silva. Licenciado em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa e pós-graduado em Reabilitação Urbana e Requalificação Ambiental, pelo Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa, está em vias de concluir o seu doutoramento em Direito Público na Faculdade de Direito da Universidade da Extremadura, Espanha.

Enquanto actividade profissional, e entre outros cargos, foi Adjunto do Gabinete da Ministra para a Igualdade; Chefe de Divisão do Gabinete de Apoio Jurídico da Secretaria-Geral do Ministério do Ambiente e do Ordenamento do Território; Director de Serviços de Administração do mesmo Ministério, Adjunto do Gabinete do Ministro da Administração Interna e Vice-Presidente do Instituto do Consumidor. 

Actualmente é Secretário-Geral Adjunto do Ministério do Ambiente, do Ordenamento do Território e do Desenvolvimento Regional.

Sportinguista ferrenho, amante da pesca e das motos, damos as boas-vindas a este nosso amigo que, como muitos cá da casa, também é adepto da cor "azul".

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:13






Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Links

Estados protegidos

  •  
  • Estados amigos

  •  
  • Estados soberanos

  •  
  • Estados soberanos de outras línguas

  •  
  • Monarquia

  •  
  • Monarquia em outras línguas

  •  
  • Think tanks e organizações nacionais

  •  
  • Think tanks e organizações estrangeiros

  •  
  • Informação nacional

  •  
  • Informação internacional

  •  
  • Revistas