Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O voo da alma.

por Cristina Ribeiro, em 02.08.13



Meu filho, vou contigo no teu sonho

- à alma ninguém tolhe a liberdade -

segue-te a minha fé, a fé que ponho

na tua audaz e linda mocidade.


E, dentro em mim, suscito e já componho

o poema da tua heroicidade,

sobrevoando o mar da tempestade

e o deserto sáfaro e medonho.


Nas infindas e árduas solidões,

em que Deus vê melhor os  corações,

Deus vai por certo ouvir as nossas preces,


Sentindo o pátrio amor em que te abrasas

e vendo as penas que te foram asas

para fugir à dor que não mereces.


    Cândida Ayres de Magalhães, " A Voz de um Pai "


 


     Nasceu esta poetisa, « imerecidamente esquecida », nos últimos anos do século XIX ( 1875 ), e morreu em 1964. Bastante culta, destacou-se pelas suas colaborações, em prosa e poesia, em publicações várias, como o Diário de Notícias, mas também pelos seus livros, especialmente « Asas Feridas » e « Trevas Luminosas ». Maria Amália Vaz de Carvalho, de quem era muito amiga, era sua tia materna.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:02

Diário de Bordo

por João de Brecht, em 19.09.10

 

Istambul, 19 de Setembro de 2010

 

 

 


Cinco vezes por dia os pobres altifalantes instalados no minarete mais alto da mesquita maior de Avcılar resistem aos cânticos do Imã que chama os seus irmãos para mais uma reza. Cinco vezes por dia a cidade pára. Cinco vezes por dia se enchem as ruas de tapetes e se assiste ao ritual da vénia, do ajoelhar, de tocar com a testa no chão. Como se de horas de sono se tratasse, quando termina a cerimónia, vêem-se sorrisos e simpatia entre as gentes.

Apressam-se os pequenos mouros para os autocarros sobrelotados, as portas estão abertas para que mais algum nelas se pendure. Salto em Beşiktaş e falo com meio mundo à procura de um bom sítio para fumar narguilé e çay – “Where are you from my friend?” – “From Portugal, do you know where it is?” – “Quaresma! Quaresma!”. Indicam-me então um pequeno café, bandeiras turcas e o retrato de Mustafa Kemal Atatürk preenchem uma parede cor-cimento. Bebem-se os çay, fuma-se a chicha, diz-se “teşekkür ederim” e volta-se para a rua sobrelotada. Sinto que conseguia voltar para casa guiado pelos cheiros, os tapetes, as simit, os kebabs, os fumos, flores e frutas.

Tudo aqui me cheira a mágico, tudo me cheira diferente.Sentem-se as saudades de um Portugal cada vez mais longe. Mas maior que as saudades é a sede de descobrir mais, de beijar Istambul.

 

Volto a escrever em breve, um forte abraço para os Conselheiros de Estado e para os Leitores.

 

Güle Güle!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:26

No dia em que João Paulo II

por Cristina Ribeiro, em 18.05.09

faria 89 anos lembro que quando fui a Roma não vi o Papa - estava na Polónia, nesse Junho de 1999.

Consolou-me a lembrança de que tinha estado perto dele no Sameiro, no meio de um " banho de multidão" - como diz, num comentário abaixo o João Pedro, relferindo-se à multidão que acompanhou as cerimónias do 50ª aniversário do Cristo Rei, imaginem o que seria se o Cristianismo não estivesse em crise....

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:18

Saudades.

por Cristina Ribeiro, em 16.03.09

 

 

Não tivesse sido assassinado na Somália, aonde fora numa missão de ajuda médica, e o Ricardo teria feito anos no dia seis.

Andámos juntos no Liceu, juntos fomos a Taizé, fizemos piqueniques e acampamentos de fim-de-semana.

No cemitério, com o caixão a descer à terra, uma amiga brasileira tocou esta música, de que tanto gostava, e todos nós juntámos a nossa voz à dela.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:23

No meio de uma daquelas insónias

por Cristina Ribeiro, em 14.03.09

que sempre nos deixam à toa, lembro o lamento da minha mãe: que se tinha esquecido de mandar celebrar a Missa pela alma da mãe, minha avó,que teria feito anos no dia 2 de Março. Cerca de 120; não o soube dizer ao certo. Proponho-me buscar, mas sei já que tinha a idade suficiente para passar todos aqueles tumultos que marcaram os primeiros anos do século XX em Portugal. Tenho tanta pena de, na minha inconsciência da quase adolescente que era nos seus últimos anos, a sair de uma infância a que já chamei dourada, apesar dos pesares, longe ainda de me fixar naquilo que, alguns anos mais tarde, iria evidenciar-se na pessoa em que me estava a tornar - o gosto supremo de remexer no passado -, não ter conversado com ela sobre as muitas histórias que viveu. Tantas, avó, tantas, certamente. Quantas saudades.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:02

Saudade

por Paulo Soska Oliveira, em 03.07.08

 

 

 

o Estado de espírito para hoje

 

Saudades acentuadas. Por vezes dá-nos para isto.

Beijos, abraços, toasts para quem de direito.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:05






Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Links

Em destaque

  •  
  • Estados protegidos

  •  
  • Estados amigos

  •  
  • Estados soberanos

  •  
  • Estados soberanos de outras línguas

  •  
  • Monarquia

  •  
  • Monarquia em outras línguas

  •  
  • Think tanks e organizações nacionais

  •  
  • Think tanks e organizações estrangeiros

  •  
  • Informação nacional

  •  
  • Informação internacional

  •  
  • Revistas


    subscrever feeds