Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Turcos, Russos e Berlinenses

por John Wolf, em 19.12.16

385665442.jpeg

 

O assassinato do Embaixador Russo Karlov em Ancara deve ser interpretado à luz dos interesses comuns da Rússia e Turquia. São mais os pontos convergentes entre os dois Estados do que aqueles que os separam. Os regimes de ambos os países dependem em larga escala da justificação excêntrica. Quer Putin quer Erdogan poderão validar de um modo ainda mais intenso o modus operandi dos seus aparelhos. O alibi terrorista "externo" serve convenientemente a escalada de sistemas de controlo interno, a repressão dos media, os ataques aos inimigos que alegadamente polvilham destinos como Alepo, o reforço do apoio a um regime análogo como aquele de Assad na Síria, mas sobretudo uma certa eternização dos pressupostos de política interna e externa russa e turca.  Desenganem-se aqueles que realizam a leitura deste ataque terrorista à luz de um conflito entre os Estados formais - entre a Turquia e a Rússia. Os dois Estados, simbioticamente, saberão extrair dividendos deste evento. Erdogan poderá invocar a necessidade de uma ainda maior limpeza das forças de segurança interna e incrementar o seu processo de saneamento. Quase simultaneamente o ataque terrorista no mercado de Berlim parece obedecer a uma lógica de oportunidade e não tanto de premeditação. O primeiro evento envolvendo o Embaixador Russo em Ancara serviu para "ligar" as antenas dos media internacional, e à boleia desse facto, os actores envolvidos em Berlim terão aproveitado a deixa. A Turquia que já havia plantado sérias dúvidas em relação a uma putativa pertença à União Europeia, aproveitará este evento para se distanciar ainda mais das instituições europeias que têm demonstrado grande ineficácia no que diz respeito ao grande desafio migratório, e a montante ou jusante, o drama sírio. A Rússia tem a sua agenda determinada há já algum tempo, e estes trágicos acontecimentos em nada descarrilam os seus processos. Isto não acaba aqui. Nunca acabou. Nem terminará. Este é o nosso mundo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:26


3 comentários

Imagem de perfil

De Nuno Castelo-Branco a 19.12.2016 às 21:42

Com um pequeno detalhe: o assassino de Ancara, o terrorista, o extremista islâmico  - claro, é sempre politicamente incorrecto dizer isto - fazia parte dos serviços de segurança da Turquia. Era muito jovem, estava no activo e comos eria de prever, talvez até tenha utilizado a arma fornecida por Erdogan, perdão, pelo Estado. Neste caso, não se trata de mais um daqueles alegados lobinhos solitários. 
Sem imagem de perfil

De isa a 19.12.2016 às 23:15

Tente olhar para o que está por trás, dos Turcos, Russos e Berlinenses e a urgência de caos e guerra, sempre pelo mesmo motivo, um sistema financeiro e fiat money a dar o último suspiro. As guerras sempre beneficiaram os mesmos, em termos financeiros, apagar rastos, sacudir água do capote e mais Poder. Depois de cada guerra, repare na concentração de poder e, na próxima, é para fechar o cerco. Ainda há pouco tempo, deixei um segundo comentário como resposta a um "cego"e, como pensa que afirmei que o caos estava para chegar? 
http://31daarmada.blogs.sapo.pt/o-euro-o-websummit-as-estrelas-michelin-6849426#comentarios
O projecto Europeu? Livre circulação de pessoas e bens? Tanta ingenuidade para não conseguir ver o final do projecto. Tem havido uma demonização sistemática de Putin e, Assad foi eleito pelo povo. Os terroristas foram subsidiados por quem? Pensa ser por acaso isto?:
https://www.youtube.com/watch?v=w8mZuV4whs0

Siga o dinheiro, não se perca nas consequências nem nos jogos para nos ludibriar, sei que é difícil, eles já controlam o dinheiro agora querem tudo o resto, porque pensa que falam num só Governo Global, onde afirmam que, no final, só haverá um exército, para quê? Com um Governo Global? Para controlar quem?
Só a própria pessoa pode investigar porque a informação é tanta que parece um puzzle, se lhe faltar peças e, ainda por cima, misturarem outras de outro, para o confundir, tudo parece caótico ou apenas acasos desligados entre si, nunca poderá compreender qual o verdadeiro Objectivo, nem ver os verdadeiros responsáveis. 
Só depois, consegue compreender que até a construção de uma mesquita em Lisboa com os nossos impostos, encaixa nesse objectivo.
Vou deixando pequenas "peças", talvez alguma o faça ver mais um pouco do puzzle. Quem manda, deixei no meu outro comentário, aquele do link do 31 da Armada mas, há um dos criados mais conhecidos, porque há muitos outros. Por acaso este fala da China mas essa já eles têm quase controlada, os filhos dos grandes dirigentes chineses foram convidados para trabalhar na goldman sachs (saiu nas notícias), agora só têm de lidar com Putin e controlar os Bancos Russos como controlam o nosso Banco de Portugal e até o da Venezuela. Como lhe digo, é tanta a informação que, fica difícil dá-la toda em simples comentários. Para dominar o Mundo, não se pode resumir, nem se pode perceber nada, parcela a parcela.
https://www.youtube.com/watch?v=0AgNri4USV4

Quer mais uma "coincidência"nesta "sopa"? Um Feriado importante que em 365 dias do ano, acabava e ainda acaba, sempre no mesmo dia. Foi no tempo dos Nazis, é um dia importante para a "religião" da elite (satanistas) e da esquerda socialista e comunista, precisamente, o 1º de Maio. Quem subsidiou Hitler e a revolução comunista? Aqui, há documentos portanto, não olhe para as marionetes, procure os titeriteiros. 
Sem imagem de perfil

De isa a 20.12.2016 às 09:25

Ontem deixei um comentário e, hoje deixo uma pequena notícia que ajuda a confirmar o caminho por onde nos estão a levar. Saiu no canal Bloomberg (100% do Sistema) que, a partir de Janeiro, a UE vai "afastar" jornalistas do Parlamento Europeu. Porque isto de haver muitos que ouvem o que, realmente, falam por lá, não convém a quem quer manter "o gado a dormir". Se a política dos países tem de ser aprovada por Bruxelas, os eurodeputados não podem propor nem vetar Leis e, agora, passarmos a não poder saber, nada, sobre aquilo que falam... e, assim, na net, "o gado" não poder passar informação importante, relativa ao nosso Futuro que mais será preciso para "acordar"?

Comentar post







Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Links

Estados protegidos

  •  
  • Estados amigos

  •  
  • Estados soberanos

  •  
  • Estados soberanos de outras línguas

  •  
  • Monarquia

  •  
  • Monarquia em outras línguas

  •  
  • Think tanks e organizações nacionais

  •  
  • Think tanks e organizações estrangeiros

  •  
  • Informação nacional

  •  
  • Informação internacional

  •  
  • Revistas