Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Descobrir a careca do Coelho

por Pedro Quartin Graça, em 30.01.11

Um dava electrodomésticos, outro dá dinheiro! Foi esta a forma de lançamento do agora afamado José Manuel Coelho. A compra de simpatias por parte de um comunista que faz parte de um partido de extrema-direita, um deputado que, em 1028 dias de mandato na Assembleia Regional, cometeu a proeza de apresentar apenas uma proposta legislativa: a construção de uma estátua de AJJ, com 50 metros de altura e escada interior...

E, já agora, uma pergunta: Porque é que nunca ouvimos, nem o Sr. Coelho nem o PND, falarem mal dos Grandes Barões da Madeira, os famosos Blandy, o Pestana ou mesmo o Berardo. Alguém sabe responder a isto?

E, por último, nada como apanhar um Coelho a mentir. Recordam-se do ex-candidato ter dito que só ia gastar 3 ou 4000 euros na campanha? Pura ilusão e maior o engano. O orçamento entregue no Tribunal Constitucional é elucidativo: foram só trinta vezes mais: 90.000 mil euritos porque isto de fazer campanhas de borla não faz o género da "Madeira velha", não é? Será pelo facto dos "chefes" Baltazar Aguiar e Welsh serem grandes Barões da Madeira e abastados proprietários locais? Como diria o outro, "Não me acredito"...

E para concluir, parafraseando um beneficiário da distribuição de "eros"coelhistas  ocorrida no Funchal: "isto é um trabalho bem feito"! Oh se é!

publicado às 17:40


10 comentários

Sem imagem de perfil

De libertas a 30.01.2011 às 18:44


O PQG insulta e lança atoardas sem sentido.

O PND é de extrema quê?

Sabe quantas propostas de lei pode fazer um deputado regional?

Acredita que a campanha foi superior a 9 mil euros? acredita mesmo que foi de 90 mil?

Sabe por que foi feita distribuição? sabe que foi dinheiro da subvenção regional?
Imagem de perfil

De Pedro Quartin Graça a 30.01.2011 às 19:09

Insultos e atoardas? Será que o Orçamento que aqui publiquei é falso? Sei perfeitamente quantas propostas de lei um deputado regional pode fazer. Não se esqueça que também fui deputado. Sei também muito bem porque foi feita a distribuição e também sei quais os seus objectivos. V.Exa não desmentiu um único facto que aqui narrei! Quando assim é fico tranquilo.
Sem imagem de perfil

De João Carvalho Fernandes a 31.01.2011 às 18:32


Foi deputado? E davam-lhe dois minutos para falar, como ocorre na Madeira? Após as habituais fórmulas de cortesia o que se consegue dizer?

Não diga barbaridades por estar a falar do que não sabe!

Quanto ao orçamento, falamos quando forem apresentadas as contas finais, bem mais baixas...
Sem imagem de perfil

De João Carvalho Fernandes a 01.02.2011 às 13:34

E é interessante ver que agora o PND é de extrema direita, mas antes das últimas legislativas era um parceiro credível para o MPT!
Sem imagem de perfil

De Carlos Velasco a 30.01.2011 às 20:44

Sr. Quartin,

Bom trabalho. Mas fiquei intrigado com a utilização da fórmula esquerdista "extrema-direita", criada após a 2ªGM. É que ela foi uma invenção dos socialistas para fazer de conta que o socialismo fascista italiano e o nacional-socialismo alemão eram de direita. É bom lembrar que Estaline apoiou Hitler, e que os socialistas europeus, especialmente os franceses e ingleses, também tinham simpatias pelo homem. Foi justamente um homem da direita, Churchill, que mais tentou fazer alguma coisa para acabar com o nacional-socialismo antes que fosse tarde demais.
De resto, escute a entrevista do Coelho, no link abaixo, a partir do minuto 6:40. Então é isso a extrema-direita?

http://www.youtube.com/watch?v=3JeZyGe80V0&feature=related
Imagem de perfil

De Pedro Quartin Graça a 30.01.2011 às 23:17

Estimado amigo:


Em declarações à Agência Lusa, José Manuel Coelho lembra que o PND-M «actualmente não é um partido de extema-direita mas uma plataforma, uma frente, sem ideologia definida mas assente no propósito de derrubar o jardinismo e de contribuir para uma Madeira democrática e próspera».
http://pndmadeira.blogspot.com E isto diz Coelho.
Mas do que ele diz à verdade vai uma grande diferença ainda que eu não ligue as estas dicotomias.

Sem imagem de perfil

De João Carvalho Fernandes a 31.01.2011 às 18:34

E olhe que não é por repetir as parvoíces do Alberto João Jardim, que volta a conseguir um tachinho de deputado no PSD...
Imagem de perfil

De Pedro Quartin Graça a 31.01.2011 às 22:37

Sr. Carvalho Fernandes: tenha juízo e resuma-se à sua insignificância. Aqui não leva mais troco.
Sem imagem de perfil

De João Carvalho Fernandes a 31.01.2011 às 23:24

Perdeu o pio... Seria tão giro o Eduardo Correia e a Maria Augusta Montes contarem as cenas que você fez antes das últimas legislativas...
Sem imagem de perfil

De João Carvalho Fernandes a 31.01.2011 às 18:44

A prova de que o senhor mente descaradamente:

"Porque é que nunca ouvimos, nem o Sr. Coelho nem o PND, falarem mal dos Grandes Barões da Madeira, os famosos Blandy, o Pestana ou mesmo o Berardo."
 
A verdade:
http://pndmadeira.blogspot.com/2010/09/pnd-contesta-savoy.html (http://pndmadeira.blogspot.com/2010/09/pnd-contesta-savoy.html)

Quanto aos Blandy são mais que muitos os episódios de contestação à acção do DN Madeira!

Comentar post







Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2007
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D

Links

Estados protegidos

  •  
  • Estados amigos

  •  
  • Estados soberanos

  •  
  • Estados soberanos de outras línguas

  •  
  • Monarquia

  •  
  • Monarquia em outras línguas

  •  
  • Think tanks e organizações nacionais

  •  
  • Think tanks e organizações estrangeiros

  •  
  • Informação nacional

  •  
  • Informação internacional

  •  
  • Revistas