Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A caldeirada de coelho estava azeda

por Pedro Quartin Graça, em 06.03.11

 

Da imprensa do Funchal:

 

- "Temos já um partido bonzinho" - Coelho ainda acredita que, até 8 de Março, passe o amuo aos dirigentes do PND - 27 de Fevereiro

- Coelho arrasa PND - Diz que era mandado por "tiranetes". Mas aceita continuar se o PND mudar - 4 de Março

- Welsh desvaloriza acusações de Coelho - 5 de Março

- "O senhor Coelho pode esperar sentado" - Gil Canha acusa ex-candidato de fazer chantagem para impor João Paulo Gomes ao PND e anuncia que o partido não vai ceder - 6 de Março

 

Hoje, o blog oficioso do PND, não poupa o ex-candidato presidencial que elogiara até há semanas atrás, essencialmente depois deste se ter dirigido ao Tribunal Constitucional onde apresentou queixa... contra o "seu" partido... Segundo é referido, o blog: "captou a saída do Tribunal Constitucional de José Manuel Coelho e do seu mentor, após se terem ido queixar "aos juízes fascistas" do PND. Ao que conseguimos apurar, a queixa deveu-se ao facto de este partido querer cumprir os Estatutos aprovados em Congresso pela maioria dos militantes, não aceitando que um sujeito iluminado a quem estes não agradam os quisesse alterar, ao arrepio de toda a legislação e à boa maneira salazarenta."

As imagens utilizadas revelam bem o baixo nível de toda esta movimentação e traduzem com rigor o porquê do ex-partido de Manuel Monteiro não ser alternativa para ninguém na Madeira quando, em Outubro próximo, os eleitores forem às urnas.

Quanto a José Manuel Coelho, parece que é desta que o comunista se zangou mesmo com o partido de extrema-direita que lhe deu guarida...

Até ver... porque com esta gente nunca se sabe...

publicado às 18:59


17 comentários

Sem imagem de perfil

De João Carvalho Fernandes a 06.03.2011 às 19:35


O tal partido de extrema direita com quem o arrivista Quartin Graça queria fazer uma aliança?
Imagem de perfil

De Pedro Quartin Graça a 06.03.2011 às 19:39

Anda para aí uma cagarra solta a insistir em pretensas alianças... Vindo de quem vem apenas se poderá comentar que não se pode dar crédito a um bando de lunáticos... 
Sem imagem de perfil

De João Carvalho Fernandes a 06.03.2011 às 19:42


Como dizia a outra, "você sabe que eu sei"... E também muitos jornalistas e os presidentes do PND, MMS e MEP na altura! E todos sabem quem roeu a corda...
Imagem de perfil

De Pedro Quartin Graça a 06.03.2011 às 19:50

Há quem tivesse tido desejos (que não eu, como decerto sabe) que esbarram na evidência das coisas: com pessoas com a postura política e ética de V.exas não se pode mesmo falar. 
Sem imagem de perfil

De João Carvalho Fernandes a 06.03.2011 às 19:52

Aliás, isto esteve num órgão, esse sim oficial do MMS e nunca foi desmentido: Depois das eleições para o Parlamento Europeu o Conselho Nacional do MMS reuniu e decidiu delegar na Comissão Politica a decisão sobre uma possível coligação. Até este momento realizaram-se várias reuniões entre os representantes do MMS, do MPT e do PND.

Ainda apareceu lá um gajo a dizer que desmentia qualquer coligação, atirando poeira para os olhos dos incautos... Na altura desmentiu a coligação. Pelo vistos, agora, qual Pinóquio, desmente as conversações. É preciso ter lata!
Sem imagem de perfil

De Flávio Gonçalves a 06.03.2011 às 20:21

Mas o PND das últimas Europeias pode ser considerado o mesmo PND de José Manuel Coelho?
Sem imagem de perfil

De João Carvalho Fernandes a 06.03.2011 às 21:27

O erro está na pergunta: não há nem nunca houve nenhum PND de José Manuel Coelho. Este nunca pertenceu ao PND.

De qualquer forma, o PND tem actualmente como dirigentes pessoas que na sua maioria fizeram parte de anteriores direcções, pelo que não tem sentido em falar em PND das europeias ou de agora!

E já agora, virando o bico ao prego, o actual Diabo tem alguma coisa a ver com o Diabo de Vera Lagoa?
Sem imagem de perfil

De Flávio Gonçalves a 06.03.2011 às 21:40

Bom, nas Europeias não vimos ninguém afirmar em entrevistas que o PND de Manuel Monteiro era um projecto falhado e o novo PND já não era de Direita... e creio que a sede ainda era em Lisboa. Há nitidamente uma mudança para o observador comum, até na ausência dos habituais colunistas no site oficial e com o encerramento do "Democracia Liberal".

Quanto ao "Diabo", pessoalmente leio todas as semanas algumas dezenas de exemplares antigos, temos todos os números na redacção desde o primeiro em 1979, e dependendo da década há Diabo para todos os gostos, estamos a tentar recuperar o espírito do Diabo da Vera Lagoa mas este título passou por muitas fases, tal como espero que o episódio Coelho seja uma mera fase, aparentemente já ultrapassada, do PND.

Bom, o Coelho e o ódio ao Dr. Alberto João Jardim.
Sem imagem de perfil

De Flávio Gonçalves a 06.03.2011 às 21:41

Errata, 1976, 1979 é a data da fundação do PDA, 1976 a do nascimento do "Diabo".
Sem imagem de perfil

De João Carvalho Fernandes a 06.03.2011 às 22:11

A verdadeira data de nascimento do Diabo até é bem anterior....

O meu avô, João Antunes de Carvalho foi director em "mil novecentos e troca o passo"...
Sem imagem de perfil

De Flávio Gonçalves a 06.03.2011 às 23:01

Exacto, "O Diabo" de Vera Lagoa é uma refundação, infelizmente o que sobra do primeiro "Diabo" é um livro sobre as caricaturas publicadas no mesmo, de quando em vez surge em algum leilão.

O primeiro "Diabo" surgiu no Séc. XIX, já urgia uma biografia de ambos os títulos, a Vera Lagoa costumava mencionar o espírito do 1º nos seus editoriais.

A despropósito de extremas-direitas, os partidos europeus aos quais estão filiados tanto o MPT como o PND (o Libertas e o European Union Democrats) têm sido bastas vezes acusados de o ser, creio que em Portugal se calhar podíamos deixar etiqueta somente para o PNR, que tanto a tem reclamado para si?
Imagem de perfil

De Pedro Quartin Graça a 06.03.2011 às 23:04

Caro Flávio: o Libertas já não existe. O MPT "apenas" é filiado no WEP - World Ecological Parties. Um abraço.
Sem imagem de perfil

De João Carvalho Fernandes a 07.03.2011 às 19:25

Pois. Mas dá jeito a alguns agitar esse papão...
Sem imagem de perfil

De João Carvalho Fernandes a 06.03.2011 às 22:04

Caro Flávio,

Quanto às declarações que alguns fizeram, sempre tomei posição nos órgãos próprios do partido.

A sede passou para a Madeira quer por razões políticas, quer económicas. Por um lado é o sítio onde os resultados são melhores e por outro o partido estava submetido a um estrangulamento financeiro que o TC tem inflingido a todos os chamados pequenos partidos exigindo-lhes o mesmo que aos grandes e multando-os quando há alguma falha em n vezes o que multa os 5 do costume.

O encerramento do Democracia Liberal foi decido ainda Manuel Monteiro era presidente, embora só tenha ocorrido na Presidência de Maria Augusta Gomes. Não foi com esta direcção!

Quanto à diminuição das participações, o culpado sou eu, exclusivamente. Por razões familiares e pessoais não me é possível fazer o que fazia há 3 anos: escrever diariamente no site (antes no jornal) e andar permanentemente a pedir artigos a outras pessoas. Sou o primeiro a lamentá-lo...
Sem imagem de perfil

De Flávio Gonçalves a 08.03.2011 às 15:40

http://admiravelmundonovo-1984.blogspot.com/2011/03/coelho-ao-poleiro.html

Mas entretanto, dia 11 Portugal aguarda em peso o nome da nova barriga de aluguer de Manuel Coelho.
Imagem de perfil

De Pedro Quartin Graça a 08.03.2011 às 15:45

Excelente artigo! parabéns Flávio!
Sem imagem de perfil

De Flávio Gonçalves a 11.03.2011 às 23:38

O Coelho já tem poleiro, o PTP: http://www.publico.pt/Pol%C3%ADtica/coelho-candidatase-por-partido-que-apoiou-o-adversario-cavaco-silva_1484379

E já alertou que o malvado Dr. Jardim tenciona declarar a independência da Madeira em 2012...

http://diario.iol.pt/politica/jose-manuel-coelho-pnd-nova-democracia-partido-trabalhista-portugues-tvi24-geracao-a-rasca/1238928-4072.html

Os meus sinceros votos de melhoras ao PND.

Comentar post







Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D

Links

Estados protegidos

  •  
  • Estados amigos

  •  
  • Estados soberanos

  •  
  • Estados soberanos de outras línguas

  •  
  • Monarquia

  •  
  • Monarquia em outras línguas

  •  
  • Think tanks e organizações nacionais

  •  
  • Think tanks e organizações estrangeiros

  •  
  • Informação nacional

  •  
  • Informação internacional

  •  
  • Revistas