Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ainda o meu post sobre o vídeo dirigido à Finlândia

por Samuel de Paiva Pires, em 09.05.11

 

Adoro receber hate-mail e hate-comments. Fico a saber que não sou patriota, que sou um pseudo-intelectual, que não tenho sentido de humor, que não faço nada pelo país, que sou só conversa e nada de trabalho, que sou vaidoso e egocêntrico. Isto vindo de gente que nem me conhece. E eu é que me levo demasiado a sério, caríssimo Afonso Azevedo Neves?

 

Pena que os portugueses não se levem tão a sério na fiscalização dos governantes como se levam na sua verborreia de lugares comuns como o “eu é que sou patriota, tu és anti-patriota”, misturado com insultos e com aquela típica mania de quem pouco aprecia a liberdade individual que os leva a querer saber da vida dos outros com o “você de certeza que não faz nada pelo país”. Mais clichés houvessem, mais os portugueses os utilizariam.

 

Ademais, Rodrigo e Afonso, não vale a pena preocuparem-se, as até agora 8 mil visualizações do meu anti-patriótico post (parece que por estes dias quem prefere ser preciso no conhecimento de factos históricos e acha ignóbil um país com 9 séculos de História colocar-se na situação de pedinte não é patriota) em nada afectam o meio-milhão de visualizações do vídeo que se arrisca a levantar de tal forma o moral dos portugueses que não tarda estamos a marchar sobre a Finlândia. Pelo que, para mim, que não tenho sentido de humor, não posso deixar de dar gargalhadas com este post do José Costa e Silva: “Pequeno país farta-se de ser bonzinho: Portugal deixa-se de “vídeos” e ameaça “reduzir a pó” países que boicotarem ajuda”.

 

Permitam-me ainda os preclaros leitores e leitoras relembrar, mais uma vez, a célebre frase de Samuel Johnson, bem a propósito deste processo que de há cerca de um ano a esta parte tem vindo a acontecer, em que de repente, todos sem excepção, inclusive o Primeiro-Ministro, somos muito patriotas: “O patriotismo é o último refúgio de um canalha”. E que bem que fazia a muita gente ler The Patriot, onde Johnson critica o falso patriotismo, o daqueles que se assumem a todo o momento como grandes patriotas, enquanto vão prejudicando a nação.

 

Só para finalizar, tal como era expectável e como já aqui tinha escrito, é mais que certo que a Finlândia vai apoiar (nem que seja pela abstenção) o resgate. A reapolitik assim obriga. Ou andará muita gente a dormir e sem saber que a Alemanha não se pode dar ao luxo de não resgatar Portugal? Vou adorar é ver muitos portugueses satisfeitos com o vídeo e com o seu pseudo-patriotismo a dizerem que foi este que levou ao apoio. Falta ver é se os seus autores também enveredam pelo mesmo. E talvez até José Sócrates se associe ao vídeo, que de tão patriota que anda um dia destes até desmaiará de amores com a simples visão da azul e branca.

publicado às 15:09


19 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 09.05.2011 às 15:41

Ou não tivessem os bancos alemães muito dinheirinho investido na Europa do Sul...
Quanto ao patriotismo, é como a presunção e a água-benta...

LB
Sem imagem de perfil

De Carlos Velasco a 09.05.2011 às 16:17

Caro Samuel,

Aquela gente do albergue espanhol não é para ser levada a sério. Não passam de uns palhaços desejosos de se pendurar nas tetas do governo fazendo favores manuais ao actual pau mandado do Pintinho Traidor Bilderberg Balsemão.
Cambada de candidatos a gigolôs do erário!

Um abraço.
Imagem de perfil

De Cristina Ribeiro a 09.05.2011 às 16:28

Antes do mais dizer-me - mais uma vez - espantada; agora com a polémica gerada pelo post do Samuel, que até deu azo a epítetos de anti-patriota!!!!!
Falava ontem na  " pobreza " do vídeo porque calculei qual seria a reacção dos finlandeses " um país que anda a mendigar, dá-se ao luxo de puxar por pergaminhos que tem vindo a perder, notoriamente, em vez  de mostrar ao mundo que resolveu recuperar o juízo que perdeu ". É que eles têm acesso a sondagens, e outras coisas que se passam em Portugal. That's the point.
Imagem de perfil

De Samuel de Paiva Pires a 10.05.2011 às 00:43

Cristina, nem vale a pena ligar aos insultos e afins. Só nos desgastamos, para nada. E como um outro comentador disse, o patriotismo que agora anda muito em voga por aí é como a presunção e a água benta. Como tantas vezes diz a minha mãe, "Perdoai-lhes Senhor que eles não sabem o que dizem".
Imagem de perfil

De Afonso Azevedo Neves a 09.05.2011 às 16:45

Oh Samuel vc está bem da cabeça? Hate-Comments? Ha por este blogue gente que me conhece e bem informe-se e aprenda a ler.
Imagem de perfil

De Samuel de Paiva Pires a 09.05.2011 às 16:48

Afonso, mas eu disse que os hate-comments eram seus? Talvez a do aprender a ler lhe possa servir, também. E não se leve tão a sério, sorria :)
Imagem de perfil

De Afonso Azevedo Neves a 09.05.2011 às 17:12

Oh Samuel peço desculpa estavas a referir-te ao Adão pelos vistos e não te preocupes que ainda não parei de sorrir desde sexta-feira. Sou um gajo bem humorado.

Afonso
Imagem de perfil

De Samuel de Paiva Pires a 09.05.2011 às 17:23

Referi-me em geral a vários comentadores e leitores, que aparentemente se levam demasiado a sério, e foi apenas por essa expressão do "levar demasiado a sério" que me referi ao Afonso. 


Acho que ainda sei escrever português. Mas posso estar enganado.


Abraço
Imagem de perfil

De Afonso Azevedo Neves a 09.05.2011 às 16:47


Qto ao senhor Carlos Velasco, uma dica: aguente lá a testosterona de pacotilha para eu não ter de agir. Há quem ature esse tipo de comportamento e comentários mas eu não.
Sem imagem de perfil

De Carlos Velasco a 09.05.2011 às 18:38

Sr. Afonso,

Não fique pela ameaça, afinal, o que foi escrito está aí e é resultado de uma longa jornada de estudos e não de uma manifestação espontânea de sentimento.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 11.05.2011 às 14:20

Boa, muito beoa. Porrada erudita na coisa, que ele há por aí uns engarrafados da pipa intelectual que merecem ler conteúdo. Bem respondido.
Sem imagem de perfil

De editor69 a 09.05.2011 às 16:57

Samuel...
que venha a azul e branca e olha que sendo eu BENFIQUISTA são cores que me deixam um pouco atarantado por estes dias.


Abraço.


PS:Haters always gonna hate...no matter what.
Sem imagem de perfil

De editor69 a 09.05.2011 às 16:58

Por azul e branca entenda-se a nossa. :)
Sem imagem de perfil

De Gonçalo Brou a 10.05.2011 às 00:36

Caro Samuel, tive exactamente a mesma posição q vc e fui igualmente linchado!...fico contente por alguns ainda n terem perdido o sentido da realidade e do ridículo! chamei igualmente a atenção de que era arrogância extrema, prepotência e acima de tudo mta inverdade naquela mensagem do vídeo...até publiquei no meu facebook o q deu origem a uma discussão acessa de cerca de 60comentários. (cheguei mesmo a pesquisar e enumerar os erros crassos do vídeo e ainda assim me crucificaram...alguns!). usei o seu link e outros para conseguir mostrar q n era o único assim a pensar, como resposta ao cliché "só mesmo tu...", "...só críticas.." etc... o meu obrigado! 
Imagem de perfil

De Samuel de Paiva Pires a 10.05.2011 às 00:40

Sempre às ordens caro Gonçalo Image. Se uma pessoa se desse ao trabalho de elaborar, como outros fizeram em tempos, os traços de carácter dos portugueses, esse tipo de clichés dariam para muitas páginas. Enfim, mais vale só ou numa confortável minoria que mal acompanhado por ignorantes ou mal-educados.


Cumprimentos
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 11.05.2011 às 14:23

samuel, meu, não gaste o pincel com tinta chinesa. Esvai-se num instantinho.

 
Sem imagem de perfil

De Mourão a 11.05.2011 às 20:10

Samuel, meu caro, virou comuna?
È que todos esses atributos  que lhe apontam são monopólio dos comunistas.... Mas coitados eles são tão ceguinhos,ainda!, que apontam aos outros  a essência da sua filosofia politica...
São burrinhos coitados,deixe-lá não se preocupe..." Vozes de burro não chegam ao céu"
A melhor forma de lidar com esta gentalha é o desprezo total

Comentar post







Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D

Links

Estados protegidos

  •  
  • Estados amigos

  •  
  • Estados soberanos

  •  
  • Estados soberanos de outras línguas

  •  
  • Monarquia

  •  
  • Monarquia em outras línguas

  •  
  • Think tanks e organizações nacionais

  •  
  • Think tanks e organizações estrangeiros

  •  
  • Informação nacional

  •  
  • Informação internacional

  •  
  • Revistas