Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Cavaco já não sai à rua

por Pedro Quartin Graça, em 16.02.12

Começa a tornar-se uma situação altamente embaraçosa e incontrolada. O cancelamento da visita de Cavaco Silva, à última hora, alegadamente por motivos de segurança, à Escola António Arroio, em Lisboa, onde duas centenas de alunos protestam à entrada do estabelecimento de ensino contra as condições de funcionamento da escola, é ilustrativa de um verdadeiro desconforto presidencial face ao grande público, isto depois de ter sido apupado na cerimónia de abertura de Guimarães - capital europeia da cultura, a propósito das declarações que fez sobre os seus rendimentos.

O Presidente está cada vez mais acontonado em Belém e toda e qualquer ausência deste em cerimónias nas quais deveria marcar presença assume agora especial relevância pública.

Que contraste com a simplicidade e o à vontade em qualquer ponto de Portugal e no estrangeiro do Herdeiro do Trono de Portugal, D. Duarte de Bragança...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:12


7 comentários

Sem imagem de perfil

De Luis a 16.02.2012 às 14:51

Se o D. Duarte de Bragança não tem qualquer poder, nem responsabilidade de nada perante os cidadãos portugueses, porque é que não andaria à vontade por todo o lado? Ainda por cima, o homem parece simpático. No estrangeiro, então, tirando Timor-leste, ninguém o conhece. Pode acenar à multidão que ninguém o vai apupar, de certeza, nem precisa de qualquer segurança.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 16.02.2012 às 15:27

Bom! Gostei do Post. Até sou um pouco monárquco devido ao ensino básico pois na minha altura fazia-se uma certa propaganda através do ensino da história à Monarquia. Mas daí até ter um D. Duarte Nuno como rei vai uma grande distância. Provavelmente seria melhor que o Presidente que temos. Quase com certeza não viria dizer que ganhava 1300€ sabendo que não é verdade e não gozaria com os seus súbditos. Só estou à espera que o Sr. Silva me ofereça a diferença dos 1300€ para o que realmente recebe.
Sem imagem de perfil

De Um elemento do povo a 16.02.2012 às 16:55

O Dom Duarte não provoca sentimentos de hostilidade no povo português....mas tambem quase ninguem o leva a sério!
Se os monárquicos querem ganhar um referendo mais vale apostar numa nova dinastia reinante....sei lá, podiam apresentar a Aline Hall como candidata a rainha. Teria de certeza mais votação num referendo do que o Dom Duarte.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 16.02.2012 às 19:10

Não desistem nas manobras de diversão? Agora é a Alline? Antes era o Peidamoney, o Cama Pereira, o Ló-lé, etc. Não dá resultado!
Sem imagem de perfil

De Vasco a 17.02.2012 às 00:15

D. Duarte até na Síria se sente à vontade. O que não é muito bom. Tem de haver um módico de incómodo de vez em quando.
Imagem de perfil

De Artur de Oliveira a 17.02.2012 às 03:01

Tantos cavaquistas a comentar este post...
Sem imagem de perfil

De Falcão-Machado a 17.02.2012 às 09:04

O problema de Cavaco, além do seu passado turbio e de não ter qualquer sentido de Estado, é que anda a ter ataques de epilepsia e, dizem as más línguas, que está com Alzeimer . Quanto a D. Duarte, é sem dúvida uma figura simpática e também não anda em público a dizer as baboseiras que o outro diz sobre os seus rendimentos. Aliás, o Duque de Bragança sempre se mostrou modesto quanto baste, o que, na verdade, só lhe fica bem...

Comentar post







Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

Links

Estados protegidos

  •  
  • Estados amigos

  •  
  • Estados soberanos

  •  
  • Estados soberanos de outras línguas

  •  
  • Monarquia

  •  
  • Monarquia em outras línguas

  •  
  • Think tanks e organizações nacionais

  •  
  • Think tanks e organizações estrangeiros

  •  
  • Informação nacional

  •  
  • Informação internacional

  •  
  • Revistas