Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Um cônsul chamuça de coirato

por Nuno Castelo-Branco, em 28.04.12

Não se sabe o nome da sumidade, mas sabemos que representa Portugal nada mais nada menos, senão na mais importante cidade asiática da nossa História. Ouçam a charla e se quiserem um comentário em regra, esse já foi deixado pelo Miguel no Combustões.

 

O ministro Paulo Portas tem mais uns anos para pôr a casa em ordem. Já não é sem tempo, até porque os problemas com as representações diplomáticas não se circunscrevem a croqueteiros militantes e ajuramentados em Paris, Bruxelas e arredores. Pelos vistos, a missão consular em Goa deveria significar algo mais que repastos de badji puri, sarapatel, balchões vários, chacuti e neste caso, chamuças de coirato. 

publicado às 22:19


22 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 28.04.2012 às 22:50

Comentário apagado.
Imagem de perfil

De Nuno Castelo-Branco a 28.04.2012 às 22:52

Pois eu jamais apaguei qualquer tipo de comentário em post da minha autoria, nem me consta que qualquer um dos meus colegas o tenha feito. Aliás, apenas o Samuel possui as "chaves" do blog e ele não tem vocação de censor.
Sem imagem de perfil

De A LUTADORA a 28.04.2012 às 22:55

A Verdade depois dever sempre apagados os seus comentários criticos e  de protesto contra um colaborador deste blog chegou à conclusão de que isto é uma coutada da extrema direita e sem qualquer credibilidade. Esta é a opinião da "VERDADE"
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 29.04.2012 às 14:04

Lutador? não passa é de um cobardola!ImageQue vómito!
Sem imagem de perfil

De Manolo a 29.04.2012 às 18:14

Coutada de quê? Vá cantar a rapsódia para outras bandas. Pateta.
Sem imagem de perfil

De A ANTI-CENSURA a 28.04.2012 às 22:56

A Verdade depois dever sempre apagados os seus comentários criticos e  de protesto contra um colaborador deste blog chegou à conclusão de que isto é uma coutada da extrema direita e sem qualquer credibilidade. Esta é a opinião da "VERDADE"
Sem imagem de perfil

De A DENUNCIADORA a 28.04.2012 às 22:56

A Verdade depois dever sempre apagados os seus comentários criticos e de protesto contra um colaborador deste blog chegou à conclusão de que isto é uma coutada da extrema direita e sem qualquer credibilidade. Esta é a opinião da "VERDADE"
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 29.04.2012 às 13:58

A verdade é que aqui estão-se todos nas tintas para a opinião da VERDADE. Olha, mete-a num sítio que eu sei!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 29.04.2012 às 14:06

Bem observado. o homem é um nojo!Image
Sem imagem de perfil

De A DEMOCRATA a 28.04.2012 às 22:57

A Verdade depois dever sempre apagados os seus comentários criticos e  de protesto contra um colaborador deste blog chegou à conclusão de que isto é uma coutada da extrema direita e sem qualquer credibilidade. Esta é a opinião da "VERDADE"
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 29.04.2012 às 13:56

O senhor não passa é de um pulha pretensioso. Deve ser um velho jarreta que passa as noites entretido entre os sites de meninas e os blogs de gays que para aí polulam. Pobre diabo!
Sem imagem de perfil

De A SELVAGEM a 28.04.2012 às 22:58

A Verdade depois dever sempre apagados os seus comentários criticos e  de protesto contra um colaborador deste blog chegou à conclusão de que isto é uma coutada da extrema direita e sem qualquer credibilidade. Esta é a opinião da "VERDADE"
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 29.04.2012 às 08:18

Este doido d`VERDADE ainda cá anda? faz pena. O homem deve estar esclerosado.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 29.04.2012 às 13:52

Este homem é um talassa. E abutre também. Já chega de insultos a membros deste blog que, eles sim, dizem a verdade!
Sem imagem de perfil

De JJ Gonçalves a 29.04.2012 às 13:48

Ó filhos, vão catar piolhos. Este blogue diz aquelas verdades que provocam comichões aos glutões da esquerda falso-fino.
Sem imagem de perfil

De A VERDADE a 29.04.2012 às 16:46

A Verdade não ataca todos os colaboradores deste blog, e apesar de não concordar com o que eles dizem respeita-os. No entanto existem 2 elementos que para a Verdade não são crediveis, um foi expulso nos anos 80 de um Partido Poltico por acções e ideia de extrema direita e o segundo é esse Dr. Pedro Quartin Graça Simão José que há muito anda tentando ter protagonismo, utilizando para isso métodos de baixa moral. E quando perdeu um lugar que lhe dava alguma notariedade tentou formar uma plataforma para restaurar a Monarquia que foi uma autêntica "barraca", que digam aqueles que estiveram no Fragil!!!!, bar bem conhecido por certos sectores minoritários e agora tenta com as Ilhas Selvagens onde vai adiccionando pessoas sem elas se pequer saberem. Aos outros membros que escrevem neste blog, que a Verdade continua a dizer que é de extrema direita, nada tem contra, mas que aqui há elementos que pertenceram à Nova Monarquia, que defendia o fim do Parlamento, dos sindicatos das Universidades e o Poder absoluto do Rei é uma Verdader que o diga o colaborador Nuno Castelo-Branco que foi elemento desse movimento. A Verdade tem boa memória e lembra-se bem destas 2 pessoas.
Sem imagem de perfil

De Marco André Barreiros a 29.04.2012 às 17:45

A verdade sem rosto não é verdade, é cobardia. Se quer discutir a Nova Monarquia, informe-se. A NM estava na vanguarda e foi tão atacada pelos jarretas como pelos tachistas.
Sem imagem de perfil

De Fantasma Azul a 29.04.2012 às 20:04

Este senhor é um pulha e um cobardola. Mas já lhe descobrimos a careca. Vê-se logo que era alguém do PPM. E para se lembrar de tantas caras tem de ser uma pessoa mais velha.Estamos aqui estamos a descobri a peça nojenta que por aqui anda a conspurcarImage
Imagem de perfil

De Pedro Quartin Graça a 29.04.2012 às 20:36

Mais um comentário insultuoso deste senhor é o nome  do mesmo vai directo para a Polícia Judiciária, apesar da IP falsa atrás da qual se esconde. Depois, na Gomes Freire, terá muito tempo para explicar tudo o que quiser. E pode começar a guardar uns trocos para o pedido de indemnização cível que terá também em cima. Já sem falar da vergonha por que passará em ser publicamente desmascarado.
Pedro Quartin Graça
Imagem de perfil

De Nuno Castelo-Branco a 30.04.2012 às 12:01

Pode dizer o que quiser, mas a verdade é bem outra, VERDADE. Aquilo que a NM então propunha e por isso mesmo foi considerada de extrema-direita, era um programa de reorganização do Estado que  hoje em dia é considerado como uma hipótese bastante viável:
1. Quanto ao Parlamento, teria duas Câmaras. A baixa, eleita pelos Partidos e a Alta, além de contar com representantes nomeados pela Câmara Baixa, teria presentes elementos das regiões e autarquias, sindicatos, confederações, academias,e tc. Com a plena capacidade de análise e decisão final no que respeita a grandes investimentos e políticas do Estado. Isto é hoje uma evidência, quase uma banalidade.
2. Há 25 anos, a NM propunha uma Confederação de Estados Lusófonos, num primeiro núcleo cabendo Portugal e as Ilhas, além de Cabo Verde e S. Tomé.
3. Exigia o máximo empenho do Estado na resolução internacional do caso de Timor-Leste - o sr. Sampaio viria mais tarde decalcar a ideia, aliás apoiada pelo ex-presidente caboverdiano Aristides Pereira - e a organização de um referendo que previsse a opção pela transformação do território numa região autónoma como aquelas que hoje temos no Atlântico.
4. Propunha uma aliança militar com Marrocos, no quadro de uma cooperação entre Portugal, Espanha, Reino Unido e Marrocos, no sentido de garantir a transição do regime marroquino e a segurança do Ocidente no Magrebe.
5. Defendia nada mais nada menos senão a plena autonomia universitária. No ensino básico, a completa reformulação do programa escolar, re-introduzindo matérias como a História, Geografia e Música.
6. Curiosamente, até aos nossos dias a NM foi a única organização política portuguesa a apelar à salvaguarda dos direitos dos soldados negros que combateram no exército português e tristemente abandonados no Ultramar. Muitos deles hoje na miséria mais extrema, ainda não mereceram qualquer atenção por parte do actual regime. Se isto é ser-se de extrema-direita, então sou convictamente extremista. Não só quanto a estes pontos, mas também no que respeita a tudo aquilo acima descrito.
7. A NM era favorável à adesão à então CEE, mas sob um outro quadro de integração e respeitador das paticularidades nacionais, não descurando o sector primário, por exemplo. Vê agora a VERDADE as consequências do desleixo a que o regime votou os sectores produtivos? Tínhamos toda a razão.
8. Quanto ao papel do Rei, existindo uma constituição, a alegação de absolutismo é no mínimo uma bizarria. Grosso modo, a NM defendia a manutenção dos poderes que o então presidente Ramalho Eanes detinha. Eram decerto mais importantes que aqueles hoje exercidos pelo Chefe do Estado e por isso mesmo cruciais para a estabilidade do novo regime, pelo menos durante um período mais ou menos dilatado de transição. Mais ainda lhe posso dizer que conhecendo-se bem a personalidade de SAR o Senhor D. Duarte, o país inteiro tem a plena certeza de que o Duque de Bragança jamais aceitaria ser outra coisa senão um monarca constitucional, talvez à semelhança do seu primo de Bruxelas.


Caro VERDADE, está tudo na net, nada se esconde nem é possível de ser ocultado. A NM fez centenas de comunicados à imprensa, publicou brochuras, etc. Existem. As pessoas vão aprendendo, cometem erros e voltam a pensar. Foi isso mesmo que os nossos adversários da altura fizeram e ei-los hoje a incluírem nos seus programas partidários, aquelas verdades que então consideravam  coisas de lunáticos.


* Se tem algum diferendo pessoal com o Dr. Pedro Quartin Graça, este espaço não será decerto o ideal para esgrimir razões ou a a falta delas. Um convite para um café pode fazer milagres e aplainar qualquer mal-entendido. pelo menos, é assim que normalmente procedo.
Sem imagem de perfil

De A Verdade despede-se a 30.04.2012 às 00:59

A Verdade depois de ler as respostas considera que já terminou a sua tarefa por isso não volta mais. Aquietem-se os ex-membros da NM que aqui estão que não vos atacarei mais. Aliás não era preciso ser ou ter sido do PPM para saber o que era a NM, basta ler os jornais da época. A terminar a Verdade agradece a quem dirige o Blog ter finalmente permitido esta troca de comentários e continuem o vosso trabalho em PAZ
A VERDADE
Sem imagem de perfil

De A Verdade a 30.04.2012 às 13:43


A Verdade apenas voltou para agradecer ao Sr Nuno Castelo-Branco a resposta que me deu, apesar de não concordar com as suas ideias quanto à NM. Quanto ao diferendo com o Dr. Pedro Quartin Graça não se resolve com um café, mas isso são contas de outro rosário e que pode ter a certeza que nada mais escreverei neste blog sobre ele, não pela ameaça que esse Senhor me fez neste blog mas apenas porque já deixei bem expresso o que penso sobre este vosso colaborador
A Verdade, pede desculpa de faltar à promessa e ter voltado mas tinha de agradecer e responder ao Sr. Nuno Castelo-Branco.
Cumprimentos
A VERDADE
Imagem de perfil

De Nuno Castelo-Branco a 30.04.2012 às 14:40

Bem, apenas lhe quis demonstrar que apesar de tudo o que há 25 anos se dizia e que era considerado extremista, na verdade nunca tal coisa foi. Era bom senso. Aliás, note que após um quarto de século, já não existe URSS, nem sequer estamos em qualquer tipo de Guerra Fria. É verdade que hoje não penso exactamente da mesma forma que nos anos oitenta, deixando esse tipo de fixações para os senhores do Partido Comunista e do Bloco de Esquerda. 

Comentar post







Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D

Links

Estados protegidos

  •  
  • Estados amigos

  •  
  • Estados soberanos

  •  
  • Estados soberanos de outras línguas

  •  
  • Monarquia

  •  
  • Monarquia em outras línguas

  •  
  • Think tanks e organizações nacionais

  •  
  • Think tanks e organizações estrangeiros

  •  
  • Informação nacional

  •  
  • Informação internacional

  •  
  • Revistas