Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




60 anos da Força Aérea Portuguesa

por João Quaresma, em 29.06.12

No próximo Domingo, 1 de Julho, comemoram-se 60 anos sobre a fundação da Força Aérea Portuguesa. A FAP resultou da fusão da Aeronáutica Militar (pertencente ao Exército, fundada em 1912) e da Aviação Naval (da Marinha, fundada em 1917), razão pela qual este ano também se assinala um século de aviação militar em Portugal.

Lamentavelmente, e devido à situação financeira, as comemorações serão muito aquém da ocasião e do que inicialmente estava planeado, que incluia um festival aéreo internacional, o Tiger Meet 2012, reunindo esquadrões de forças aéreas de países aliados e amigos (tal como sucedeu em 2002, em Beja).

A comemoração principal terá lugar na Base do Montijo (B.A. nº6), que estará aberta ao público. Outras bases estarão abertas ao público em Julho e Agosto, podendo o programa completo ser consultado no site da FAP.

Parabéns, FAP!

 

PS. Hoje, 29 de Junho, é o aniversário do Regimento de Comandos, como bem lembra João Gonçalves: fazem meio século. Audaces Fortuna Juvat.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:20


2 comentários

Imagem de perfil

De Nuno Castelo-Branco a 29.06.2012 às 23:52

João, a coisa vai sempre de mal a pior. Fui assistir ao desfile do 10 de Junho diante dos Jerónimos. Lastimável, é dizer pouco. Aquele horrível passo de "marcha" arrastada, os rasquíssimos uniformes do exército (oficiais) cinza-ratazana ao estilo de porteiros e sem corte, bonés espalmados, uma apresentação sem qualquer marcialidade, peitos e mangas pejados de lixo - tarjinhas, emblemazecos, etc,  copy USA - e ainda por cima, atreveu-se mesmo a banda a tocar uma horrenda porcaria com alguns dos acordes da Stars Spangled Banner pelo meio! -, uma pobreza atroz. E querem eles motivar os garotos a ingressarem nas FA? Qualquer videozinho da RDA faria melhor.
Um país com 900 ano e nem um uniforme de tempos passados - ainda num período de comemorações da vitória sobre a França 1807-14 -, nem uma evocação às lutas pela Independência de 1383-85, 1640-68, etc, etc. Quando comparamos "isto" que se vê com aquilo que o youtube mostra e que vem da Rússia, Coreia, Inglaterra e até de Espanha, é de morte! Mas quem é esta gente?
Imagem de perfil

De João Quaresma a 01.07.2012 às 23:22

Concordo, Nuno. Também lá estive e achei a coisa muito pobrezinha e não só devido aos cortes orçamentais (para alemão ver: o país não tinha ido à falência por desfilarem uma dúzia ou duas de blindados). Mas sejamos justos: o que estava ali a desfilar não era o Portugal com 900 anos, era esta coisa com 38. As Forças Armadas são o reflexo do estado da Nação e a falta de aprumo (sobretudo patente no Exército) é apenas um reflexo da realidade actual. Preocupante é também a condição física das novas gerações: a grande maioria era gente de baixa estatura, frequentemente pelos 1,65 de altura nos rapazes, bem menos que isso às vezes nas raparigas. Algumas raparigas eram - peço desculpa pelo termo - uns autênticos potes de banha que nunca deviam participar numa parada!! Inacreditável!


Também achei ridículo o desfile do destacamento "arctic warfare" das operações especiais com todo o equipamento. Eu comecei a escrever um post para aqui mas desisti porque era de facto deprimente.

Comentar post







Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

Links

Estados protegidos

  •  
  • Estados amigos

  •  
  • Estados soberanos

  •  
  • Estados soberanos de outras línguas

  •  
  • Monarquia

  •  
  • Monarquia em outras línguas

  •  
  • Think tanks e organizações nacionais

  •  
  • Think tanks e organizações estrangeiros

  •  
  • Informação nacional

  •  
  • Informação internacional

  •  
  • Revistas