Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Quem não quer ser Sócrates...

por João Quaresma, em 16.09.12

O que há de mais estúpido no meio disto tudo é que Passos Coelho, que não passou o último ano a comprometer-se com o TGV, o novo aeroporto, a terceira ponte sobre o Tejo, a terceira auto-estrada Lisboa-Porto, ou a vender o computador magalhães e os carros eléctricos, colocou-se numa posição em que recebe da população o mesmo tratamento que Sócrates, no 15 de Março do ano passado: ter uma multidão a chamá-lo de gatuno. E Passos Coelho, por muito desastrado que seja no que decide e no que diz, é infinitamente mais digno de respeito do que o filósofo de Paris.

publicado às 11:55


11 comentários

Imagem de perfil

De João Quaresma a 16.09.2012 às 13:18

Caro Maquiavel, concordo com muito do que diz. Eu penso que a atitude de prudência da Paulo Portas justifica-se em parte: há muita, muita gente com interesse em que este governo caia, apesar de até agora não ter concretizado muitas medidas que atacam aos interesses instalados. Por outro lado, já se perdeu um ano com anúncios de intenções com subidas de impostos ruinosas. E o que está previsto será desastroso.


Penso que o CDS precisa de substituir Portas e muitos dos que o rodeiam mas não por Manuel Monteiro. Monteiro é uma pessoa válida mas que tanto diz coisas muito sensatas como no minuto seguinte os maiores disparates. Não é o lider fiável que o momento exige.


Obrigado pelo seu comentário.

Comentar post







Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D

Links

Estados protegidos

  •  
  • Estados amigos

  •  
  • Estados soberanos

  •  
  • Estados soberanos de outras línguas

  •  
  • Monarquia

  •  
  • Monarquia em outras línguas

  •  
  • Think tanks e organizações nacionais

  •  
  • Think tanks e organizações estrangeiros

  •  
  • Informação nacional

  •  
  • Informação internacional

  •  
  • Revistas