Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O regresso de Sócrates

por John Wolf, em 21.03.13

Vai valer a pena assistir à nova serie televisiva que em breve a RTP vai estrear - "o regresso de Sócrates". A estação de televisão oferece um serviço público de qualidade. Demonstra inequivocamente que Portugal é um país de memória curta. Um país que perdoa os prevaricadores de um modo tão leviano que até dói. Uma estância onde os condenados errados são encarcerados e os principais responsáveis pela desgraça recebem prémios de consolação. Ainda nem sequer arrefeceu o corpo entesado de Portugal, ainda nem sequer decorreu o período de nojo, o luto, e convidam um dos principais cabecilhas da associação política que rebentou com o país para usufruir de tempo de antena. Passam a palavra à persona non grata, por forma a que possa opinar, sugerir, achar, discordar ou aprovar. O que se está a passar? Este senhor não deve ser tido nem achado. Fica provado que a direcção de informação da RTP funciona como uma clínica de reabilitação. Uma cura mediática, quiça para reintegrar o ex-delinquente numa nova estrutura de poder. Por outro lado, o parisiense que nada tem a perder, porque já fez todos perder, ainda vai a tempo de arrastar para a lama o colega Seguro. O animal político Sócrates tem mais argúcia e intenção do que o falinhas- mansas-Seguro. O que me faz pensar se terá sido alguém com o perfil do Relvas a convidar o Sócrates a voltar. Volta que estás perdoado. Esta contratação, que não envolve um salário mínimo, não deixa de ser um negócio. É uma permuta de uma coisa feia por uma coisa ruim. A chamada do ex-primeiro-ministro-do-memorando-de-entendimento-com-a troika foi feita de forma matreira. Parece-me uma jogada para arrumar de vez com o António José Seguro. Raramente tivemos a ocasião de realizar a acareação entre os dois socialistas. Mesmo que não se encontrem no mesmo estúdio, estão no mesmo país. Não vou estabelecer a ligação com o outro rosa, de seu nome António Costa, mas a relação existe. Este anúncio do regresso "suspicioso" do comentador Sócrates faz parte de um esquema muito menos ingénuo do que possamos julgar. Não tenham dúvidas do seguinte. Há muito que isto vem sendo preparado. Eles sabem-na toda, e nós colados ao ecran como ovelhas ronhosas, alinhadas para mais um sacrifício pessoal, pascal. Sou lobo.

publicado às 09:53


1 comentário

Sem imagem de perfil

De rufia a 21.03.2013 às 15:45

Acabou o período de nojo; Começa o período de mete-nojo!
É para que não nos esqueçamos de quem nos levou à banca rota, ver para lembrar .
Afinal este Relvas é de uma inteligência fora do normal... golpe de mestre... penso até que teve um forte incentivo piadético e patético  do Moita de Deus.

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.







Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

Links

Estados protegidos

  •  
  • Estados amigos

  •  
  • Estados soberanos

  •  
  • Estados soberanos de outras línguas

  •  
  • Monarquia

  •  
  • Monarquia em outras línguas

  •  
  • Think tanks e organizações nacionais

  •  
  • Think tanks e organizações estrangeiros

  •  
  • Informação nacional

  •  
  • Informação internacional

  •  
  • Revistas


    subscrever feeds