Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




" A Ti ó Pátria ".

por Cristina Ribeiro, em 26.04.13
« No meio de uma nação decadente, mas rica de tradições, o mister de recordar o passado é uma espécie de magistratura moral, é uma espécie de sacerdócio. »
                                      A. Herculano, citado por Hipólito Raposo

Na esperança de que tais viagens ao Passado acordem  o sentimento de pertença a uma entidade maior do que a uma confusa ideia de Europa invasiva.

E é no passado que encontrámos mais esta personificação do Patriotismo, que nunca deu tréguas aos traidores da Nação, mesmo quando quase todos os que se diziam monárquicos baixaram os olhos. Sem medo, um paladino do exemplo. " O Condestável da Restauração Política "!

                        " Irmão dos maiores heróis no fervor do ideal, extremendo exemplo de soldado no combate, mestre de cidadãos no amor da Pátria, esse ardente paladino, cuja espada herdara os fulgores dos montantes quinhentistas, devotamente professava o culto da honra, mas nunca soube ambicionar honrarias. 
Ao Rei e ao Reino de muito novo fez doação das suas forças de alma e do sangue do coração ( ... )
Para quantos de perto o conheceram e admiraram, a personalidade de Paiva Couceiro sempre ficará valendo mais do que a sua glória de soldado ( ... )
E em tempos de tão confusa e dolorosa provação, é consolador de esperança, e confiança, esse impulso do mais espontâneo sentimento público ( ... )
Uma lição para aprender e um exemplo para seguir. "
Hipólito Raposo, « Modos de Ver »

publicado às 19:56







Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D

Links

Estados protegidos

  •  
  • Estados amigos

  •  
  • Estados soberanos

  •  
  • Estados soberanos de outras línguas

  •  
  • Monarquia

  •  
  • Monarquia em outras línguas

  •  
  • Think tanks e organizações nacionais

  •  
  • Think tanks e organizações estrangeiros

  •  
  • Informação nacional

  •  
  • Informação internacional

  •  
  • Revistas