Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Importa-se de repetir?

por Nuno Castelo-Branco, em 01.05.13

 

1. "O povo em primeiro", "mundialização selvagem", "... afunda-se na Europa tenebrosa do ultra-liberalismo e da austeridade e os povos europeus igualmente".


Será um discurso do chefe Jerónimo? Não é. Serão desabafos do camarada Arménio? Da Cãncia? Não. Do Oliveira, Soares, Louçã, Sampaio, ou do Sócrates? Nem pensar.


São palavras de Marinne Le Pen e segundo a própria, a aglutinadora de 40% dos votos do operariado francês. A banlieu ex-PCF, passou-se de armas e bagagens para a FN. 


2. Há uns anos, era a feliz chegada de Obama que vinha arrumar a casota mundial. Há um ano foi Hollande e esgotado o filão, eis que surge agora o sr. Letta - não, não é primo da minha prima Leta - como potencial campeão libertador dos falidos. Dentro de dois ou três meses, talvez invistam no já "garantido sucessor SPD" de Merkel, enquanto por cá se vão segurando com o que há. Esperar é preciso.


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:37


2 comentários

Sem imagem de perfil

De Ex Legionário a 01.05.2013 às 20:43

Vamos lá embaraçar o jojoratazana...

O PCF, no tempo do lendário secretário geral Georges Marchais, tinha um discurso sobre imigração que se aproximava do discurso actual de Marine Le Pen.

Veja-se o que diz Georges Marchais sobre o tema:

http://www.youtube.com/watch?v=LG2BA9SxClM

Ficou para a história a luta contra a imigração de africanos do Mali do presidente da câmara comunista de Vitry, luta essa que Georges Marchais apoiou. Em linguagem dos grupos Trotskystas, foi isto que os comunistas franceses fizeram aos imigrantes do Mali em Vitry:

http://www.workersliberty.org/node/10748

http://www.time.com/time/magazine/article/0,9171,922358,00.html

Reportagens de 1980 sobre a acção "racista e xenófoba" do PCF em Vitry...por cá, o PCP nunca reagiu!

http://www.youtube.com/watch?v=vD6NiwIw-z4

http://www.youtube.com/watch?v=6d43VGElPU0

http://www.youtube.com/watch?v=IZja2mlRMU0

Robert Hue, sucessor de Marchais como secretário geral do PCF, em acção de luta contra a criminalidade imigrante, numa camara comunista, provoca a indignação da "esquerda caviar bloquista" do tempo.

http://www.youtube.com/watch?v=d3wZV8K3lWs


Para a história ficou também a carta "xenófoba" de Marchais ao responsável pela mesquita de Paris

http://www.egaliteetreconciliation.fr/Il-y-a-27-ans-Lettre-de-Georges-Marchais-au-recteur-de-la-mosquee-de-Paris-2282.html

Daí que várias vezes tenha sido levantada a questão: Se Georges Marchais fosse vivo, votaria Frente Nacional?


O orgão central do PCF, L´Humanite, lá tentou explicar que não, Georges Marchais não votaria Frente Nacional...

http://www.humanite.fr/04_05_2011-assez-de-calomnies-non-georges-marchais-n%E2%80%99aurait-jamais-vot%C3%A9-fn%C2%A0-471468

Comentar post







Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

Links

Estados protegidos

  •  
  • Estados amigos

  •  
  • Estados soberanos

  •  
  • Estados soberanos de outras línguas

  •  
  • Monarquia

  •  
  • Monarquia em outras línguas

  •  
  • Think tanks e organizações nacionais

  •  
  • Think tanks e organizações estrangeiros

  •  
  • Informação nacional

  •  
  • Informação internacional

  •  
  • Revistas