Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Pergunta do milhão de dólares

por João Pinto Bastos, em 04.06.13

Qual é a diferença entre António de Oliveira Salazar e Álvaro Cunhal?

P.S.: ver isto

publicado às 23:01


7 comentários

Sem imagem de perfil

De Ex Operacional do ELP a 05.06.2013 às 00:21

Convem salientar que Fernando Seara, se ganhar a camara de Lisboa, fará questão de manter o nome de Cunhal nessa avenida, proclamando simultaneamente sentir-se profundamente honrado e emocionado por haver na cidade de Lisboa uma rua homenageando a memória do referido funcionário do KGB.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 05.06.2013 às 09:51

Entre outras, Salazar não era um traidor.
Sem imagem de perfil

De João a 05.06.2013 às 15:52


Talvez o facto de Salazar não ser um bandalho traidor, um lacaio da URSS e do comunismo internacional e ser alguém que se preocupava genuinamente com o país?
Sem imagem de perfil

De Drácon a 05.06.2013 às 16:14

Salazar foi um grande Estadista, um Patriota, defensor estrénuo dos interesses de Portugal, amante do seu Povo.
Cunhal foi um traidor, fiel aos soviéticos, por quem foi educado politicamente para ser um aríete do comunismo na Europa. Pôs sempre os interesses dos soviéticos acima de tudo. E chegou a Portugal para instilar ódio entre as "classes sociais" - o que, infelizmente conseguiu...
E a memória deste traidor vai ser homenageada na toponímia lisboeta...?! Quem foram os bandalhos que propuseram isto e o aprovaram...?!
Sem imagem de perfil

De murphy a 05.06.2013 às 16:37


Respeito o Sr. Cunhal como respeito qualquer ser humano. Mas, atendendo ao seu apoio a um Estaline e seu regime sanguinário, ou  à invasão de Praga (apenas 6 anos antes do 25 e Abril), por ex., é uma mistificação completa a imagem que muitas redacções, e até os livrinhos de história da escola pública, constroem à volta da figura. 

 

Se cada um colocar a ideologia de lado, só pode concluir que, nisto de ditaduras Salazar, perto de Cunhal, era um menino...

http://jornalismoassim.blogspot.pt/2013/06/episodios-negros-da-comunicacao-social.html (http://jornalismoassim.blogspot.pt/2013/06/episodios-negros-da-comunicacao-social.html)

Sem imagem de perfil

De Nuno a 05.06.2013 às 22:52

Ops. Desculpem enganei-me. Acho que entrei no país errado. Qual é o caminho para o Portugal democrático??? Alguém me sabe dizer???
Sem imagem de perfil

De Ex Operacional do ELP a 05.06.2013 às 23:28

Siga em frente e vire à esquerda...camarada!

https://encrypted-tbn3.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcTXTD6SMRhlAvng4MPG04YJWngmNNC4RWoz64CP5o2fXQ9dVtuO

Comentar post







Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

Links

Estados protegidos

  •  
  • Estados amigos

  •  
  • Estados soberanos

  •  
  • Estados soberanos de outras línguas

  •  
  • Monarquia

  •  
  • Monarquia em outras línguas

  •  
  • Think tanks e organizações nacionais

  •  
  • Think tanks e organizações estrangeiros

  •  
  • Informação nacional

  •  
  • Informação internacional

  •  
  • Revistas