Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




End of story

por João Quaresma, em 24.07.13

O sistema não tolera os outsiders. O sistema não tolera quem tenta normalizar o país nem aproximá-lo de referências internacionais. O sistema não quer um Portugal de Primeiro Mundo: quer um Panamá na Europa. Um quintal de interesses, atrasado, aturdido e deprimido, castrado de forma a não usar as suas energias, e a deixar-se abusar por todos e mais alguns. O sistema defende o status quo a todo o custo, mesmo que o status quo arraste o todo para o abismo. O sistema não perdoa a quem o questiona, quanto mais a quem o afronta.

Não faltam Álvaros, dentro e fora de Portugal, que poderiam dar um valioso contributo ao país dando efeito aos recursos que o país dispõe mas está impedido de usar. Mas depois disto, dificilmente alguém independente e que coloque os interesses do país à frente dos seus estará disponível para servir um governo português, pois sabe o que o espera.

 

Obrigado, Álvaro Santos Pereira, e bom regresso ao Primeiro Mundo.

 

A ler: «O legado de Álvaro», por Maria Teixeira Alves, no Corta-Fitas.

publicado às 15:52


6 comentários

Sem imagem de perfil

De Zénite a 24.07.2013 às 20:09


Apurado parecer.

Sim, efectivamente o sistema não tolera quem, com a sabedoria de Santos Pereira, pretenda erguer pilares resistentes – e erigiu mais de Sete, que tantos são os da Sabedoria - que guindem ao “Primeiro Mundo” um país endividado e explorado por abutres, em que o Capital internacional (e nacional!) e a UE, esta ainda de forma mais violenta  que o FMI, exploram com juros altíssimos, que rondam o quádruplo e o quíntuplo do que pagam países ricos como a França e a Alemanha para sustentar as respectivas dívidas públicas.

Como escrevi em tempos neste escorreito Blog, somos um povo de fados e de vinho e de touradas, cozidos e sardinha assada. E de défices contabilísticos, cíclicos e não cíclicos, e de continuados superavits de luz atlântica, de cerveja, de café e de bagaço. Um povo de lágrimas e de sal, mas também de sonhos de luz azul, como os espelhos de mar e céu que nos rodeiam. E porque somos tudo isso e muito mais, abrem-se agora revocáveis Portas e dão-se ambíguos Passos para que, juntamente com a Cerveja, venha o Pires de caracóis que, não dando Passos, antes se arrastam numa espiral de dúvidas e com a casa às costas, como convém a quem não tem paradeiro certo.


Para quê a inveja que desconstrói os pilares de sabedoria e os fecha a sete chaves nos seus herméticos castelos de vento e areia, se de argila são os dedos aritméticos que não sabem do PIB mas hasteiam as velas e seguram as redes e a foice e o arado que sulcam a verdejante fonética destes mares e terras de sonho e promissão?

Para quem ainda não visitou o blog de Álvaro Santos Pereira, em que o ex-ministro desmitificou, muito antes da sua tomada de posse, algumas das ‘pretensões’ do Sistema, com artigos como o “TGV dos Juros” - entre outros -, nos quais alertava para a urgente renegociação das PPP’s e, consequentemente, das respectivas ‘swaps’, que levaram Portugal ao caos de endividamento em que se encontra… dizia eu, para quem ainda não visitou o seu blog, sugiro que clique no endereço respectivo constante desta página – e muito bem! - na rubrica  “Estados Soberanos” (http://desmitos.blogspot.pt/ (http://desmitos.blogspot.pt/))

Os meus parabéns a todos os “Conselheiros de Estado” deste ilustre e abalizado Blog.

( Zénite)


Imagem de perfil

De João Quaresma a 25.07.2013 às 01:32

«somos um povo de fados e de vinho e de touradas»: fomos quando, apesar de tudo, tínhamos algum juízo. Somos cada vez mais de música pimba, cerveja barata e big brothers.

Mas tenho esperança que isto mude, e as pessoas se tornem mais realistas. Que ao menos para isso a crise sirva.
Muito obrigado pelo seu comentário e pelo seu interesse por este blog.
Cumprimentos,
JQ
Sem imagem de perfil

De Herr Flick a 24.07.2013 às 20:53

Concordo em absoluto caro João Quaresma, mas por favor, a sugestão de ler as absolutas inanidades da criatura MTA  é um exercício dispensável.
Sem imagem de perfil

De Que lata a 24.07.2013 às 22:11

É um invejoso, Herr Flick , para não dizer, burro.
Imagem de perfil

De João Quaresma a 25.07.2013 às 01:35

Escusado será dizer que discordo da segunda parte da sua frase. Mas obrigado pelo seu comentário.
Cordialmente,
JQ
Sem imagem de perfil

De Lopes da Gama a 25.07.2013 às 11:23

Este País não tem lugar para dois tipos de pessoas: a) os honestos e, por isso, com ideias próprias. b) os intelectualmente honestos e por isso com o desejo profundo de fazer o País sair do 3º mundo.
Bem haja Professor Álvaro pela sua dedicação e, sobretudo, pelo seu querer patriótico de SERVIR os portugueses.
Acredite NÃO ESTÁ SOZINHO!!!!

Comentar post







Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

Links

Estados protegidos

  •  
  • Estados amigos

  •  
  • Estados soberanos

  •  
  • Estados soberanos de outras línguas

  •  
  • Monarquia

  •  
  • Monarquia em outras línguas

  •  
  • Think tanks e organizações nacionais

  •  
  • Think tanks e organizações estrangeiros

  •  
  • Informação nacional

  •  
  • Informação internacional

  •  
  • Revistas