Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




A Europa dos eurocépticos

por Manuel Sousa Dias, em 02.06.14
“Os povos da Europa devem ser orientados para a criação de um “superestado”, mas de uma forma que eles não se apercebam da essência do que se está a passar. Isso pode ser alcançado por meio de passos consecutivos, cada um dos quais possa ser camuflado com a obtenção de resultados econômicos, mas cujo resultado final seja a formação inevitável de uma federação”.

O pensamento de Jean Monnet visto à luz do momento em que estas suas palavras foram ditas, um pós-guerra de enorme devastação e feridas profundíssimas, esteve na base da construção de uma Europa próspera e, acima de tudo, pacífica.

E a paz dentro da Europa comunitária durou, apesar de se ter assobiado para o alto quando, em plenos anos 90, na outra Europa, a carnificina da guerra civil na Jugoslávia tenha tardiamente obrigado a NATO e, em particular, os Estados Unidos, a uma intervenção militar para resolução do conflito, mostrando bem a total fragilidade da política de segurança da União.

A Europa é hoje bastante diferente da Europa de Jean Monnet. Apesar da paz interna parecer estar (enganadoramente) garantida, o crescimento, que antes permitiu construir o estado social, é hoje praticamente nulo e prenúncio da decadência do velho continente.

Não só já todos os europeus perceberam a falta de competitividade da Europa como também a ausência de soluções e projecto por parte dos senhores de Bruxelas que não seja mais integração política, mais alargamentos, mais países dentro desta Europa, numa fuçanga de novos tratados, reforço dos poderes de Bruxelas e desprezo dos referendos nos estados-membros - desprezo pelos Europeus. Não serão estes motivos suficientes para a rejeição de um projecto europeu que os eleitores não compreendem, e que, por isso, não querem? O voto em partidos anti-Europa terá sido apenas o enésimo sinal de alarme.

Mas os senhores de Bruxelas teimam em não perceber os sinais e já se atropelam com os argumentos da necessidade de "mais Europa", e, sempre inspirados por um descontextualizado Jean Monnet, sorrateiramente, com pequenos passos bem camuflados, vão construindo uma Europa cheia de boas intenções - mas que não queremos mesmo!

Não pode dar bom resultado.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:45







Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

Links

Estados protegidos

  •  
  • Estados amigos

  •  
  • Estados soberanos

  •  
  • Estados soberanos de outras línguas

  •  
  • Monarquia

  •  
  • Monarquia em outras línguas

  •  
  • Think tanks e organizações nacionais

  •  
  • Think tanks e organizações estrangeiros

  •  
  • Informação nacional

  •  
  • Informação internacional

  •  
  • Revistas