Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




No ano passado...

por João de Brecht, em 12.01.09

 

 

Já desde o início de Janeiro que ando para fazer um balanço do ano 2008. Tal como muitos “bloguistas” que já o fizeram, gostava de partilhar convosco as personalidades ou grupos que, na minha opinião, se destacaram no ano passado (seja porque motivo for e nas mais diversas àreas). Volto a frisar que o que vou aqui anunciar são pura e simplesmente opiniões pessoais.
 
 
Revelação do ano – Não poderia deixar de ser o senhor Obama que claramente entrou na história ao tornar-se no primeiro afro-americano a ser chefe de estado dos E.U.A.
Político do ano – Sei que esta decisão vai intrigar grande parte dos nossos leitores, mas o meu voto vai para Gordon Brown, querem um motivo? Dou-vos quatro: Humor, Politicamente Incorrecto, Realismo e Sentido de Estado!
Diplomata do ano – Enquanto aluno de Relações Internacionais não poderia deixar de referir aquele que é odiado por muitos enquanto presidente mas que é (inquestionavelmente) um óptimo diplomata, Nicholas Sarkozy.
Frase do ano – "Eu não acredito em reformas, quando se está em democracia..." dita por Manuela Ferreira Leite.
Falecimento do ano – Destaco o falecimento do Chefe de Estado dos Cubanos, Fidel Castro, quer esteja ou não a respirar, a sua morte política veio abrir toda uma nova possibilidade no rumo das Relações Internacionais.
Filme do ano – Cinema em 2009 foi “Mama Mia!”,um musical produzido pelaUniversal Pictures e realizado por Phyllida Lloyd, goste-se ou não dos Abba, o musical conta com diversos talentos e mostra-nos belas paisagens (até a voz do Pierce Brosnan soa bem!)
Livro do ano – Dou o meu destaque ao livro de um amigo e conterrâneo, Dr. Sérgio Ribeiro, “50 anos de Economia e Militância”, uma edição Avante! (sei que não é de longe um livro conhecido por grande parte dos portugueses, mas é uma história deveras interessante contada por um homem que muito admiro)
Blog do ano – Este é sem dúvida o mais difícil para mim, daí nomear três blogs como os que achei mais interessantes e com melhor qualidade nos artigos apresentados; Combustões, 31 da Armada e Risco Contínuo.
Grupo Musical do ano – Ignorando o fenómeno Tokio Hotel, a banda que destaco em 2008 é um grupo que não teve o reconhecimento devido em Portugal, chama-se The Last Shadow Puppets que conta com dois dos melhores talentos musicais britânicos, Alex Turner (Arctic Monkeys) e Miles Kane (The Rascals), o albúm chama-se The Age of the Understatement.
Comediante do ano – Com o “arrefecimento” do fenómeno Gato Fedorento e com a constante repetição d’ Os Contemporâneos, parece que o meu voto vai para o recente fenómeno do Youtube e da Sic Radical, Bruno Aleixo.
Atleta do ano – Apesar de me identificar plenamente com o atleta Marco Fortes (visto que eu de manhã também só estou bem na caminha), o meu voto iria certamente para Michael Phelps, o nadador americano que arrecadou 8 medalhas de ouro em Pequim.
Pintor(a) do ano – A mais agradável surpresa que tive este ano no campo das artes foi a artista plástica, pintora e fotógrafa Ana Pimentel, minha amiga, excelente profissional e criadora de obras fantásticas.
Acontecimento (surreal) do ano – Caso telemóvel”, no dia 13 de Março, uma aluna da escola secundária Carolina Michaelis no Porto, agride uma docente por esta lhe ter tirado o telemóvel, um caso lamentável que se tornou num sucesso sensacionalista.
Descoberta jornalística do ano – Não há democracia na China (Uáu!) sempre que queria ver uma ou outra prova tinha de levar com brilhantes comentários como “Não pode ser, aqui há censura”, “Que calções tão pequenos, a ditadura está a ceder” entre outras atrocidades ao bom censo!
 
 
Algumas conclusões pessoais:
 
1. Antes de Durão Barroso o último a conseguir contribuir tanto para a unificação da Europa foi Napoleão Bonaparte… Ah! Isto sem contar com o Hitler! (piadinha)
2. O Dr. Francisco Louçã é o melhor político português da actualidade visto ter conseguido fazer com que mais de 90% do eleitorado bloquista não se apercebesse de que ele é um Trotskista!
3. Manuela Ferreira Leite sonha com o título de “Dama de Ferro”.
4. Não sei quem é o ministro do Ambiente.
5. Se não fossem as guerras, os noticiários dedicavam-se única e exclusivamente ao futebol e sensacionalismos.
 
 

publicado às 04:18


4 comentários

Sem imagem de perfil

De Vera Matos a 12.01.2009 às 18:31


Opinião da Vera (que ninguém lhe pediu, mas ela dá na mesma :P):

Revelação do ano - A 19 de Fevereiro de 2008, Fidel Castro renuncia à presidência e o comando das forças armadas em Cuba… É o fim de uma era, o início de um “desencravar de unha” na região ;)*
E sem duvida, e eleição do primeiro Presidente negro para a Casa Branca – Yes he can! :P

Político do Ano - Esta é mesmo muitooooo difícil … Mas, vou concordar com o Monsieur. Do mal, o menos. Globo de Ouro vai para Gordon Brown.

Diplomata do Ano - Celso Amorim, ministro das Relações Exteriores do governo Luiz Inácio Lula da Silva.

Frase do ano - "E então a ASAE ainda não veio cá?"
Cavaco Silva, na cozinha do Convento de Arouca, onde se preparam doces conventuais.

“Oh bolseiro, vou-te espancar com nabiças!” , pelo grande Francisco Aragão 

Falecimento (s) do ano -
Heath Ledger, actor de cinema e televisão australiano;
Zélia Gattai, escritora brasileira;
Sydney Pollack, cineasta, produtor e actor norte-americano;
Yves Saint-Laurent, uns dos maiores estilistas francês do século XX;
Fernanda Baptista, fadista e actriz portuguesa;
Paul Newman, actor norte-americano;
António Alçada Baptista, escritor português;

Filme do ano -Sem dúvida, Mamma Mia reúne um elenco fantástico, e para mim, apreciadora de ABBA (abençoadas influências da mamã ), foi delicioso!
A meu ver, ressalvo o The Dark Knight como o melhor filme da saga Batman, e o filme Death Race, pelo qual não dava nada, e, surpreendentemente, gostei.

Livro do ano – Mais uma noite de merda nesta cidade de treta, de Nick Flynn;

Blog do Ano – Sou parcial, com muito orgulho! – ESTADO SENTIDO, sem dúvida.
Mas ressalvo ainda, o 31 da armada, Combustões e We have Kaos in the garden;

Música - Whitesnake, “Good to be bad”, e Oasis, “Dig out your soul”;
Por terras lusas, Tributo a Carlos Paião, compilação com vários músicos portugueses, onde os Donna Maria fazem um trabalho soberbo com a canção “vinho do Porto”;
Comédia – Contemporâneos;
Atleta do Ano – Michael Phelps – o Homem não é deste mundo!
Artes - Ju Duoqi
Acontecimento do ano (surreal) – Iniciar o fim-de-semana mais cedo, e não por os pés na assembleia… uma ideia que muita gente teve, no mesmo dia… ainda não acreditam em telepatia? (e na falta de carácter??).

Homens do Ano – João de Brecht - uma grande surpresa! ;)
Samuel de Paiva Pires – Já não é surpresa para ninguém ;)
O óptimo atleta Nelson Évora, por tudo e mais alguma coisa :D
Apesar de não gostar dele, Cristiano Ronaldo;
José Sócrates – O Homem que não queremos para o ano! -.-‘

Beijos*
Verinha*
Imagem de perfil

De Nuno Castelo-Branco a 12.01.2009 às 22:30

Exactamente! O facto do dia é o prémio do CRonaldo que já intoxicou toda a comunicação social. O que vale é que o gajo fez na Selecção não contou para a votação... :)
Sem imagem de perfil

De Verinha M. a 13.01.2009 às 10:45

E aquele discurso tenebroso Nuno? Deus nos valha... Repetindo as palavras do Grande Samuel... o que Deus lhe deu a mais nos pés, descontou-lhe na cabecita! Ele anda a aprender inglês... não era mauzinho de todo aprender a lingua mãe.
Dass... :X
Sem imagem de perfil

De JMB a 13.01.2009 às 20:34

Excelente post

JMB

Comentar post







Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2007
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D

Links

Estados protegidos

  •  
  • Estados amigos

  •  
  • Estados soberanos

  •  
  • Estados soberanos de outras línguas

  •  
  • Monarquia

  •  
  • Monarquia em outras línguas

  •  
  • Think tanks e organizações nacionais

  •  
  • Think tanks e organizações estrangeiros

  •  
  • Informação nacional

  •  
  • Informação internacional

  •  
  • Revistas